FECHAR
FECHAR
12 de julho de 2013
Voltar
Matéria de Capa - Construction Expo 2013

Construction Expo vista por quem é do ramo

Júlio Semeghini, Secretário de Planejamento e Desenvolvimento Regional do Estado de São Paulo

“É muito comum que apenas as grandes construtoras, aqueles que estão na ponta, que conversam conosco do governo, tenham as informações dos desafios, a previsão dos investimentos e das grandes obras. Quando se realiza um congresso dessa natureza, reunindo toda a cadeia, promove-se o debate, a distribuição da informação entre todos os atores deste cenário e isso é de extrema importância para o Brasil que vive um momento delicado. Nós temos realmente que colocar em prática todos os projetos de infraestrutura, promover privatizações, concessões, parcerias pública-privadas, para viabilizar os investimentos públicos, de forma que possamos resolver definitivamente os nossos problemas, de infraestrutura no País. E só vamos fazer isso se tivermos uma cadeia completa preparada para os desafios que estamos enfrentando”.

Sergio Watanabe, Presidente do SindusCon/ SP - Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo

“A Construction Expo é muito importante para o setor da construção civil. O Brasil passa por um momento estratégico importante e a apresentação dessa feira é uma motivação a mais para tratar dos assuntos do setor. Trata-se de um setor de grande importância para a economia do Brasil, por ser massivo em termos de contratação de mão de obra, tendo assegurado ganhos reais de salários para os seus empregados nesses últimos sete anos. E isso também é fundamental para a economia. Eu quero parabenizar a Sobratema pela realização dessa feira, principalmente agora que ela foi ampliada, contemplando não somente o setor da construção pesada, como também a construção de edificação, os construtores, as empresas da indústria de materiais e equipamentos da construção civil. A Sobratema está de parabéns em apresentar essa nova feira, que além de tudo acontece no primeiro semestre do ano. A maioria das feiras acontecem no segundo semestre, e esse é um detalhe importante para o desenvolvimento da cadeia da construção civil.

Luciano Amadio, Presidente da APEOP -  Associação Paulista de Empresários de Obras Públicas

Não poderia ser mais oportuno o momento em que aconteceu a Construction


Júlio Semeghini, Secretário de Planejamento e Desenvolvimento Regional do Estado de São Paulo

“É muito comum que apenas as grandes construtoras, aqueles que estão na ponta, que conversam conosco do governo, tenham as informações dos desafios, a previsão dos investimentos e das grandes obras. Quando se realiza um congresso dessa natureza, reunindo toda a cadeia, promove-se o debate, a distribuição da informação entre todos os atores deste cenário e isso é de extrema importância para o Brasil que vive um momento delicado. Nós temos realmente que colocar em prática todos os projetos de infraestrutura, promover privatizações, concessões, parcerias pública-privadas, para viabilizar os investimentos públicos, de forma que possamos resolver definitivamente os nossos problemas, de infraestrutura no País. E só vamos fazer isso se tivermos uma cadeia completa preparada para os desafios que estamos enfrentando”.

Sergio Watanabe, Presidente do SindusCon/ SP - Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo

“A Construction Expo é muito importante para o setor da construção civil. O Brasil passa por um momento estratégico importante e a apresentação dessa feira é uma motivação a mais para tratar dos assuntos do setor. Trata-se de um setor de grande importância para a economia do Brasil, por ser massivo em termos de contratação de mão de obra, tendo assegurado ganhos reais de salários para os seus empregados nesses últimos sete anos. E isso também é fundamental para a economia. Eu quero parabenizar a Sobratema pela realização dessa feira, principalmente agora que ela foi ampliada, contemplando não somente o setor da construção pesada, como também a construção de edificação, os construtores, as empresas da indústria de materiais e equipamentos da construção civil. A Sobratema está de parabéns em apresentar essa nova feira, que além de tudo acontece no primeiro semestre do ano. A maioria das feiras acontecem no segundo semestre, e esse é um detalhe importante para o desenvolvimento da cadeia da construção civil.

Luciano Amadio, Presidente da APEOP -  Associação Paulista de Empresários de Obras Públicas

Não poderia ser mais oportuno o momento em que aconteceu a Construction Expo 2013, seja pela prioridade, enfim reconhecida pelos governos, para a ampliação dos investimentos públicos e privados em infraestrutura, seja pelo potencial de crescimento do mercado imobiliário.

O evento destacou significativos avanços tecnológicos de sistemas construtivos, contribuindo assim para a melhor qualificação de toda a cadeia da Construção.

E o sucesso ficou registrado para os mais de 22 mil visitantes e para os 332 expositores. Parabéns à Sobratema e a todos que contribuíram para o evento.

Tulio Bittencourt, Presidente do Ibracon – Instituto Brasileiro do Concreto

“A Construction Expo e o Construction Congresso são dois eventos da cadeia de construção do qual o concreto faz parte de uma forma majoritária e importante. Portanto, o Ibracon não poderia deixar de participar tanto da feira como do congresso”.

 

 

Íria Doniak, Presidente Executiva da ABCIC – Associação Brasileira de Construção Industrializada de Concreto

“Entendo que a proposta da Sobratema de criar, com a Construction Expo, um novo conceito de feira, baseada em tecnologia, na disseminação dos sistemas construtivos e voltada para um público mais técnico, cumpriu seu papel de levar informação qualificada ao visitante. Acredito que isso acabou atraindo um público, que começa a conhecer esse conceito, que começa a entender a proposta da feira, de que ela não tinha o propósito específico de comercializar um produto. Era uma feira que tinha de trazer visibilidade em torno das tecnologias disponíveis nos diferentes sistemas construtivos e das várias opções de construir. E esse público foi bastante diferenciado, do ponto de vista dessa qualificação profissional, do nível dos profissionais que frequentaram a feira, no sentido de terem uma base que possibilitou esse entendimento. Acredito que a organização da feira tem de insistir nesse novo conceito.”

Marcelo Takaoka, Presidente do CBCS – Conselho Brasileiro de Construção Sustentável

“As iniciativas de fomentar o setor da construção são sempre importantes. A construção sustentável, especificamente, possui um grande potencial de crescimento no Brasil. A Construction Expo 2013 representou uma grande oportunidade de destacar as questões ambientais para o desenvolvimento sustentável nacional, gerando benefícios para toda a sociedade. Os custos de um empreendimento sustentável são maiores, mas os resultados obtidos ao longo dos anos compensam esse investimento”.

Walter Cover, Presidente da ABRAMAT - Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção

“A feira é importante, pois trata de vários pontos relevantes da área de construção. Um deles é o foco em investimentos mais pesados e de infraestrutura. E nós sabemos que o país está passando por um momento de reflexão desses temas. Então o foco é decisivo. Também é muito importante a formatação da feira em pavilhões temáticos, abordando os principais temas da atualidade na construção mais pesada mesmo. Outro destaque positivo é o timing da realização da feira, coincidindo com um momento em que há uma retomada dos investimentos, principalmente em infraestrutura, rodovias, portos e aeroportos. Essas são atividades em que cada vez mais nós precisamos de tecnologia. E feiras como a Construction Expo são eventos apropriados para se conhecer novas tecnologias. A feira é muito bem-vinda. Veio no momento propício e certamente vai ser um grande sucesso”.

João Carlos Duarte Paes, Presidente da ABIFibro – Associação Brasileira das Indústrias e Distribuidores de Produtos de Fibrocimento

A iniciativa da Sobratema é extremamente elogiável. Ela presta um serviço de informação imprescindível para o sistema habitacional brasileiro e isso vem de encontro à busca de solução para o problema habitacional brasileiro em suas diversas fases nas quais nós, da ABIFibro, estamos envolvidos. Nesse momento, a feira vem dar a oportunidade de que nós nos manifestemos para contribuir com o segmento que é muito importante para a área de construção, que é o segmento de coberturas. A Construction Expo é extremamente importante, uma vez que participam dela empresas que são especializadas no setor de coberturas e isto, nos dará a oportunidade de tornar muito mais visível nossa atividade de disseminar a ideia de substituição do amianto por fibras alternativas nas coberturas.”

Luiz Carlos Corrêa Carvalho, Presidente da ABAG – Associação Brasileira do Agronegócio

“A Abag vê o agronegócio como muito importante  para o Brasil, seja para o mercado interno e, principalmente, para as exportações. Mas ele tem uma série de gargalos e problemas, sendo que o mais sério, o que mais vem limitando o crescimento da oferta, é a logística e infraestrutura. Nos salta aos olhos a necessidade de uma relação maior do agronegócio com o pessoal da Construction Expo, pois, de fato, logística e infraestrutura nunca serão competências do agronegócio. E quem tem competência para nos ajudar, inclusive na tarefa de fazer ver ao governo os entraves que a falta de logística e infraestrutura causam ao crescimento do País, é sem dúvida alguma o pessoal da Sobratema e as grandes empresas representadas nesse evento.”

Roberto de Souza, Presidente do CTE – Centro de Tecnologia de Edificações

“É muito importante hoje termos um espaço dedicado à exposição de novas tecnologias e sistemas construtivos, ao debate da produção de conhecimento e de tendências, e que ainda possibilita o relacionamento entre todos agentes da cadeia produtiva, como foi visto na Construction Expo. O setor da construção vem ampliando, modificando e profissionalizando suas atividades nos últimos anos e feiras como essa auxiliam na agenda futura da cadeia”.

Ricardo Suplicy Goes, Gerente Executivo do ICZ – Instituto de Metais Não Ferrosos

“A realização da feira Construction Expo tem uma importância estratégica por permitir um network com toda a cadeia da construção e interagir com as tecnologias de ponta utilizadas neste setor. Para o ICZ – Instituto de Metais Não Ferrosos, a Construction Expo proporciona desenvolver a utilização do aço galvanizado neste setor, mostrando sua eficiência no aumento da vida útil das estruturas em aço. É uma tecnologia que atende o tripé da sustentabilidade, pois no quesito social aumenta a segurança dos projetos, no econômico reduz o custo de manutenção e no ambiental o zinco, assim como o aço é 100% reciclável”.

Haroldo Miller Jr., Presidente da ABRASFE – Associação Brasileira das Empresas de Fôrmas e Escoramentos

“A Construction Expo 2013 representa para nosso setor uma oportunidade de contato direto com os clientes, proporcionando uma troca de informações sobre produtos disponíveis e suas necessidades. Além disso, para os construtores, a vantagem foi ter os fornecedores de produtos e serviços reunidos em um único local. Já para os expositores, o benefício foi encontrar seus clientes”.

José Ricardo Roriz Coelho, Presidente da Abiplast – Associação Brasileira da Indústria do Plástico

“O setor de construção civil está entre os principais consumidores de transformados plásticos e em 2012 – 16% de todo produto transformado plástico foi destinado à construção civil. Portanto, uma ação como essa é estratégica para incentivar e reforçar a importância do plástico e de sua cadeia produtiva. Uma feira com tal perfil é fundamental para o relacionamento com um segmento especializado, o que tem se refletido na crescente participação do produto nas mais variadas formas de aplicações.”