FECHAR
07 de novembro de 2017
Voltar
Entrevista

Pavimento de concreto gera economia de combustível e segurança ao usuário

Mais resistente e com vida útil superior às demais alternativas de pavimentação, o pavimento de concreto vem ganhando importância como solução mais eficiente para garantir a mobilidade no trânsito.

Os benefícios vão além da segurança e do menor desgaste do veículo. O pavimento de concreto é ambientalmente amigável por exigir pouca manutenção e não requerer operações tapa-buracos e recapeamentos freqüentes, ações que provocam congestionamento e acentuam a emissão de CO2 pelos veículos parados, gerando desperdício de combustível e mais poluição.

A segurança também é maior para o usuário que trafega em vias pavimentadas em concreto nos dias de chuva, pois essa tecnologia proporciona menor distância de frenagem. Além disso, as características do pavimento são eficientes para o escoamento de água, não promovendo aquaplanagem.

Outros benefícios do pavimento de concreto são a economia de combustível, podendo chegar a 20%, e a coloração clara do sistema à base de cimento, que permite melhor visibilidade e redução do consumo de energia elétrica pública em até 40%, em virtude da maior reflexão da luz.

A tecnologia, extensamente utilizada no exterior, tem exemplos emblemáticos no Brasil, como a Rodovia dos Imigrantes, que liga a capital paulista a Baixada Santista, diversos corredores  exclusivos de ônibus como os da cidade de São Paulo e de Curitiba, aeroportos como o Galeão, no Rio, e portos, como o Porto de Santos e de Paranaguá.

No caso das rodovias, além de proporcionar mais qualidade e economia de combustível, o pavimento não sofre deformação plástica, trilhas de rodas ou buracos, sendo a solução mais adequada para trechos com tráfego pesado e repetitivo. Um exemplo disso é a pista Sul da Rodovia Imigrantes, a SP-160. Ali, os cerca de 20 quilômetros, que permitem ao motorista descer a serra passando por três túneis e 12 viadutos, são um marco tecnológico que faz a rodovia figurar como uma das mais importantes do mundo.

A importância de investir em sistemas mais resistentes e com ciclo de vida maior está no benefício ao usuário, quanto à segurança no trânsito, e nas vantagens para a sociedade de forma geral, já que a qualidade poupadora de recursos em manutenção pode ser destinada a outros serviços ou obras públicas.

No Brasil, as vias de tráfego desempenham papel vital para a economia doméstica e sua qualidade está diretamente relacionada à qualidade de vida da população, que depende do transporte público, do carro ou da bicicleta para se deslocar. Depende delas também para que o alimento chegue à mesa do consumidor.