FECHAR
04 de April de 2018
Voltar

Mineração #

Areia manufaturada: mineradora investe no aumento da produção

Ao melhorar a sua eficiência e produtividade após a compra dos rebritadores de cone Metso MX™, a empresa estima um aumento de 30% na produção de materiais finos, e agora conta com a capacidade de produção de 130 mil toneladas por mês
Fonte: Assessoria de Imprensa

A Britagem e Pavimentadora Barracão opera no mercado de agregados há 15 anos e tem capacidade para produzir um total de 160 mil toneladas de pedra britada por mês em sua planta. Localizada em Gaspar, Santa Catarina, Brasil, a Barracão tem a própria frota e atende à toda a região do Vale do Itajaí. A organização também possui uma planta de asfalto e fornece material base de asfalto, juntamente com o asfalto padrão ou ecológico produzido a partir de borracha reciclada.

A empresa contava com uma operação de circuito fechado para produção de pedras britadas, mas a operação tinha que ser interrompida sempre que houvesse necessidade de ajustar ou calibrar os equipamentos. Isso afetava a produtividade da planta de modo significativo. Paralelamente a isso, a Barracão também buscava aumentar a produção de materiais finos para atender à crescente demanda do mercado.

Para resolver estas questões, a Barracão consultou a Metso - líder mundial nos setores de mineração, agregados, reciclagem, petróleo, gás, celulose, papel e indústrias de processos - que sugeriu a instalação do rebritador de cone Metso MX™ no estágio quaternário do processo, com câmara extrafina, para substituir o britador de uma concorrente. O resultado foi tão bom que, após dois meses de operação, a Barracão solicitou um segundo Metso MX™ para ser instalado no estágio terciário, agora com câmara fina, para substituir um HP4; que, por sua vez, foi reposicionado para outro estágio do processo em substituição a um rebritador de cone de um fabricante concorrente.

"Trabalhamos com a Metso há muitos anos. Temos quatro máquinas da companhia já instaladas em nosso processo e agora, com os dois rebritadores de cone MX4, alcançamos eficiência de desempenho, capacidade de produção e facilidade de operação desejáveis. A produção está excelente, temos menos horas de parada, o que diminui substancialmente os custos. A durabilidade do revestimento e da manta é maior que a do HP4 e a granulometria dos produtos é sempre constante, além da facilidade e rapidez na troca dos revestimentos. Certamente, vamos adquirir novos equipamentos em breve”, conta o proprietário da Barracão, Antonio Assini.

Atendendo à demanda do mercado

Com os novos equipamentos, o aumento de produção – pontual e principalmente ao longo do dia, sem paradas para a regulagem - foi um dos principais benefícios conquistados pela companhia, que aumentou em 30% a produção de materiais finos e hoje possui a capacidade de produção de 130 mil toneladas por mês. Pela alta demanda do mercado por estes produtos, a companhia ainda incrementou em 30% o seu faturamento.

Produção editorial: Revista M&T – Desenvolvido e atualizado por Diagrama Marketing Editoral