FECHAR
04 de julho de 2019
Voltar

RESULTADOS

Dados apresentam acentuado crescimento do crédito imobiliário em maio

Nos primeiros cinco meses de 2019, foram aplicados R$ 27,7 bilhões na aquisição e construção de imóveis com recursos do SBPE, elevação de 39,7% em relação a igual período do ano passado
Fonte: Assessoria de Imprensa

Os financiamentos imobiliários com recursos das cadernetas do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) atingiram R$ 6,59 bilhões em maio de 2019, alta de 20,6% em relação ao mês anterior e de 46,6% comparativamente a maio de 2018. O valor é o mais elevado para um mês de maio desde 2015.

Nos primeiros cinco meses de 2019, foram aplicados R$ 27,7 bilhões na aquisição e construção de imóveis com recursos do SBPE, elevação de 39,7% em relação a igual período do ano passado.

No acumulado de 12 meses (junho de 2018 a maio de 2019), os empréstimos de R$ 65,25 bilhões para aquisição e construção de imóveis com recursos do SBPE asseguraram alta de 41,3% em relação ao apurado nos 12 meses anteriores.

Financiamentos Imobiliários

De acordo com os dados, foram financiados, nas modalidades de aquisição e construção, 21,4 mil imóveis em maio de 2019, resultado 7,5% superior ao de abril e de 15,7% em relação a maio de 2018.

Nos primeiros cinco meses de 2019, os recursos do SBPE propiciaram a aquisição e a construção de 104,1 mil imóveis, alta de 31,5% em relação a igual período de 2018.

Nos últimos 12 meses, até maio de 2019, foram financiadas a aquisição e a construção de 253,3 mil unidades, aumento de 35% comparativamente aos 12 meses anteriores, quando 187,7 mil unidades foram objeto de financiamento bancário. Os números reforçam a expectativa da Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip) de aceleração dos financiamentos imobiliários ao longo de 2019.

Poupança

Em maio, a captação líquida da poupança SBPE voltou a ficar negativa (em R$ 464 milhões). Não se trata de resultado surpreendente, visto que, nos últimos 25 anos, a poupança apresentou resultado negativo em quase metade dos meses de maio (12 deles).

Apesar da captação líquida negativa, a poupança SBPE encerrou maio com saldo crescente de R$ 615,7 bilhões, com alta de 0,3% em comparação a abril e de 7,4% em relação a maio do ano passado.