11 de julho de 2019
Voltar

SOLUÇÕES

Evonik apresenta aditivo de processo para a reciclagem de resíduos de borracha

A novidade permite o processamento eficiente de resíduos de borracha em um material resistente usado em uma variedade de aplicações, como construção de estradas, setor esportivo ou playgrounds
Fonte: Assessoria de Imprensa

A cada ano, cerca de 19,3 milhões de toneladas de pneus são descartados no mundo inteiro – incluindo de 3,6 milhões de toneladas só na Europa.

Na Alemanha, por exemplo, há vinte anos, mais da metade dos pneus descartados era utilizada na recuperação energética, enquanto somente um em dez era destinado a reciclagem.

Hoje, a reciclagem dos materiais está alinhada com a recuperação energética. Com o Vestenamer, a Evonik contribui para o fechamento do ciclo de materiais para a borracha de uma maneira mais sustentável.

Na reciclagem dos resíduos de borracha, explica Peter Hannen, gerente de desenvolvimento de mercado do Vestenamer, a adição do Vestenamer é uma aplicação que já comprovou o seu valor na produção de artigos de borracha como pisos, colchões e bases para sistemas de sinalização de obras e barreiras nas estradas a partir de resíduos aproveitáveis.

“Como um aditivo de processo, o Vestenamer melhora a fluidez do composto de borracha, resultando em um material que pode ser processado com muito mais eficiência. A reatividade e a estrutura polimérica do produto também são fatores importantes: ambos dão origem uma boa densidade de ligações entre as partículas de borracha, o que, por sua vez, impacta positivamente as propriedades mecânicas do produto”, diz Hannen.

“Em outras palavras, o aditivo de processo da Evonik melhora tanto a eficácia dos custos de processamento quanto a qualidade das peças de borracha quando se trata de borracha reciclada”.

Além do aspecto econômico de proporcionar uma matéria-prima eficiente em custo, a reciclagem do material dos pneus descartados também está ganhando mais destaque do ponto de vista ecológico.

Por exemplo, comenta o especialista, o uso de pneus descartados em produtos novos contribui de modo significativo para a redução da emissão de carbono em até um terço em comparação com produtos que não usam um material reciclado.

“E a economia circular fechada da borracha também atenua o problema global dos pneus descartados”, conclui.