FECHAR
01 de fevereiro de 2018
Voltar

Construção Imobiliária

Integração dos empreendimentos com a cidade começa a ganhar espaço no Brasil

Muros altos incentivam a ação de criminosos, pois somente entre 2015 e 2016, o roubo a condomínios aumentou 172% na cidade de São Paulo
Fonte: Assessoria de Imprensa

Os muros altos criam uma falsa sensação de segurança, mas na verdade separam, dados da Secretaria de Segurança Pública apontam um aumento de 172% nos roubos e furtos a condomínios na cidade de São Paulo, entre 2015 e 2016. No ano passado foram registradas 68 ocorrências, diante de 25, em 2015. Algumas das razões apontadas por especialistas são que os muros altos incitam os criminosos a agir, além de esconderem as ações dentro dos imóveis. Um assunto muito discutido atualmente entre especialistas do setor é a importância da integração dos empreendimentos com a cidade, um conceito muito difundido no exterior, que começa a aparecer em empreendimentos no Brasil, que contribuem tanto do ponto de vista da arquitetura, quanto para maior segurança do cidadão.

Uma pesquisa realizada pela Polícia Militar de Marília (SP), apontou que imóveis com muros altos, portões fechados e grades são os mais visados pela criminalidade. O levantamento demorou dois anos para ser feito, período em que 1,5 mil boletins de ocorrência foram analisados e, 400 pessoas, ouvidas, entre vítimas, policiais e os próprios presos nas ocorrências.

Um novo conceito de integração de empreendimentos tem surgido na cidade de São Paulo, com empresas que apostam na redução e recuo dos muros, e até na construção de jardins em frente aos empreendimentos. Esse é o caso da Constrac, uma empresa que apostou nessas iniciativas na construção de dois empreendimentos localizados nos bairros Jardins e Alto De Pinheiros.

Ambos estão sendo construídos pela Constrac, construtora que está há mais de 35 anos no mercado, desenvolvendo empreendimentos com alto padrão de qualidade, localizados em regiões estratégicas.  Os projetos, que serão entregues entre 2018 e 2019, dispensam  muros altos e dão espaços às entradas de vidros que contrastam com o paisagismo das áreas comuns.

“Há uma forte tendência surgindo, principalmente por causa dos novos planos diretores e leis de ocupação do solo que incentivam, por exemplo, que espaços privados se tornem coletivos”, diz Flávia Chammas, arquiteta e sócia da Constrac. “Essa novidade pode ser benéfica às incorporadoras, mas especialmente à cidade”, finaliza.

Sobre Constrac

Com uma experiência de mais de 35 anos, a Constrac se consolidou no mercado por ser uma empresa que valoriza seus clientes, desenvolvendo empreendimentos com alto padrão de qualidade, localizados em regiões estratégicas, cumprindo com seus cronogramas. Com elevado nível profissional, a construtora possui o know-how para erguer empreendimentos residenciais, comerciais, flats e hotéis, com um amplo planejamento estratégico, sempre atentos aos prazos e detalhes. Dirigida por empresários experientes, arrojados e comprometidos.

Produção editorial: Revista M&T – Desenvolvido e atualizado por Diagrama Marketing Editoral