FECHAR
FECHAR
12 de novembro de 2020
Voltar

Investimentos em mineração devem crescer nos próximos anos

Com um grande potencial de crescimento, a mineração brasileira ainda pode receber grandes incentivos nos próximos anos
Fonte: Assessoria de Imprensa

No Brasil, a mineração é um dos setores de maior relevância para a nossa economia. Por possuir formações rochosas muito antigas e imensamente ricas em minerais, o país vem se destacando a vários anos na extração e comercialização deste tipo de matéria-prima, o que fez com que essa atividade se tornasse um importante vetor para o progresso e desenvolvimento nacional.

Com um grande potencial de crescimento, a mineração brasileira ainda pode receber grandes incentivos nos próximos anos, algo que pode ser comprovado em dados recentes divulgados pelo Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram).

Segundo informações da entidade, os investimentos em projetos de mineração, expansões, gestão e segurança de barragens de rejeitos no Brasil nos próximos quatro a cinco anos, devem chegar a cerca de 40 bilhões de dólares – equivalente ao valor de 220 bilhões no câmbio atual.

Conforme o instituto, um dos fatores que impulsionaram o aumento das projeções de investimentos seria a ampliação das pesquisas minerais promovidas pela Agência Nacional de Mineração (ANM), pois tais estudos permitiram a liberação de diversas áreas.

De acordo com o superintendente do Grupo MBL, Jerri A...


No Brasil, a mineração é um dos setores de maior relevância para a nossa economia. Por possuir formações rochosas muito antigas e imensamente ricas em minerais, o país vem se destacando a vários anos na extração e comercialização deste tipo de matéria-prima, o que fez com que essa atividade se tornasse um importante vetor para o progresso e desenvolvimento nacional.

Com um grande potencial de crescimento, a mineração brasileira ainda pode receber grandes incentivos nos próximos anos, algo que pode ser comprovado em dados recentes divulgados pelo Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram).

Segundo informações da entidade, os investimentos em projetos de mineração, expansões, gestão e segurança de barragens de rejeitos no Brasil nos próximos quatro a cinco anos, devem chegar a cerca de 40 bilhões de dólares – equivalente ao valor de 220 bilhões no câmbio atual.

Conforme o instituto, um dos fatores que impulsionaram o aumento das projeções de investimentos seria a ampliação das pesquisas minerais promovidas pela Agência Nacional de Mineração (ANM), pois tais estudos permitiram a liberação de diversas áreas.

De acordo com o superintendente do Grupo MBL, Jerri Alves, o avanço da mineração brasileira pode estimular negócios em muitas cadeias produtivas, produzindo reflexos positivos na geração de renda, tributos e empregos.

"Uma das vantagens da elevação dos investimentos em mineração é o aumento da presença de empresas do setor em várias regiões do país. A instalação deste tipo de empreendimento em pequenas cidades pode incentivar o desenvolvimento socioeconômico das mesmas. Isso porque empresas de outros setores podem enxergar uma possibilidade de crescimento nestes locais e assim estabelecer novas unidades. Essa movimentação comercial ajuda a dinamizar a economia local e nacional", aponta.

Outro fator que pode favorecer a majoração dos investimentos em mineração no Brasil é o lançamento do Programa Mineração e Desenvolvimento (PMD) pelo governo federal.

"O objetivo do governo é fazer com que a mineração se torne uma das protagonistas no desenvolvimento socioeconômico e sustentável do Brasil. O programa oportuniza um maior crescimento do setor e ainda pode ajudar na ampliação do conhecimento geológico, avanço da mineração em novas áreas, expansão dos investimentos em empreendimentos minerários, promoção da seletividade de ações para o setor; aprimoramento da gestão e eficiência da atividade minerária, e combate às práticas ilícitas na atividade mineral", ressalta.