FECHAR
FECHAR
02 de julho de 2020
Voltar

TECNOLOGIA

Novo túnel de desinfecção combate contaminação por Covid-19

A solução pode ser instalada em qualquer espaço e ainda tem modelos específicos para higienização de veículos
Fonte: Assessoria de Imprensa

Desenvolvido para contribuir com o aumento da proteção contra bactérias e vírus, como o causador da Covid-19, um novo modelo de túnel de desinfecção para indústrias, supermercados, hospitais, comércios e locais públicos já está disponível no mercado.

Com estrutura em aço galvanizado e fechamento em lona antichamas, apresenta diversas vantagens em relação aos equipamentos infláveis.

A estrutura cria em seu interior uma névoa de água ozonizada, um poderoso agente desinfetante que ajuda a mitigar riscos de contaminação, bastando poucos segundos de exposição.

Resultado de uma parceria entre a Tópico, empresa que atua no setor de infraestrutura flexível para cobertura e armazenagem no Brasil, com a HydroSolution, especializada em engenharia e consultoria ambiental, a solução foi batizada como Célula de Oxi-Sanitização Care.

Ao contrário dos já conhecidos túneis infláveis, é uma estrutura de aço galvanizado e fechamento em membrana técnica em poliéster de alta tenacidade (lona) antichamas e auto extinguível, oferecendo maior segurança.

O primeiro túnel da Tópico foi instalado, em São Paulo, na S.I.N. Sistemas de Implantes, para o cui...


Desenvolvido para contribuir com o aumento da proteção contra bactérias e vírus, como o causador da Covid-19, um novo modelo de túnel de desinfecção para indústrias, supermercados, hospitais, comércios e locais públicos já está disponível no mercado.

Com estrutura em aço galvanizado e fechamento em lona antichamas, apresenta diversas vantagens em relação aos equipamentos infláveis.

A estrutura cria em seu interior uma névoa de água ozonizada, um poderoso agente desinfetante que ajuda a mitigar riscos de contaminação, bastando poucos segundos de exposição.

Resultado de uma parceria entre a Tópico, empresa que atua no setor de infraestrutura flexível para cobertura e armazenagem no Brasil, com a HydroSolution, especializada em engenharia e consultoria ambiental, a solução foi batizada como Célula de Oxi-Sanitização Care.

Ao contrário dos já conhecidos túneis infláveis, é uma estrutura de aço galvanizado e fechamento em membrana técnica em poliéster de alta tenacidade (lona) antichamas e auto extinguível, oferecendo maior segurança.

O primeiro túnel da Tópico foi instalado, em São Paulo, na S.I.N. Sistemas de Implantes, para o cuidado e proteção dos colaboradores da empresa.

A solução tem, ainda, duas aplicações específicas: o Care Pit-Stop e o Care Market. O Pit-Stop é voltado para a higienização de carros de passeio, táxis, Uber, viaturas e ambulâncias. Comporta o veículo dentro da cabine onde, com as portas e vidros abertos, é possível higienizar completamente o interior, garantindo total desinfecção em poucos minutos.

O Market é destinado para a desinfecção de carrinhos de compras, com ou sem produtos, em supermercados, hipermercados, hortifrutis etc.

Sensor
O túnel de desinfecção da Tópico oferece, ainda como acessórios, sensor de temperatura e de telemetria que armazena dados de temperatura, acesso e tempo de exposição das pessoas à névoa, permitindo assim maior controle e mitigação de contágio.

“De instalação fácil e rápida, ele exige apenas acesso a pontos de água e energia. A estrutura é compacta, pode ser instalada em qualquer lugar, não precisa de recarga, reabastecimento ou aquisição de qualquer produto adicional. Portanto, além dos benefícios para a saúde, proporciona economia no uso de recursos”, explica Arthur Lavieri, CEO da Tópico.

Além disso, explica, proporciona um gasto inferior de energia em comparação com as soluções infláveis e não sofre com a incidência de ventanias, por sua solidez.

Ozônio
A Care tem 3 metros de comprimento, altura total de 2,4 metros e largura total de 1,5 metro. Na solução de desinfecção com água ozonizada, as moléculas de ozônio são associadas à nano gotículas de água, criando a névoa, que sanitiza sem molhar, não agride a roupa ou superfícies expostas e não provoca efeitos colaterais.

Como bactericida, afirma Lavieri, o ozônio é até dez vezes mais potente que o cloro, com taxa de quebra do vírus e bactérias superior a 99,98%.

Composto por três átomos de oxigênio, é um dos oxidantes mais poderosos conhecidos, por isso é capaz de eliminar não apenas vírus, mas também uma ampla gama de outros microrganismos contaminantes presentes no ar.

O ozônio tem, ainda, ação comprovada na destruição de vírus do tipo envelopado (o mesmo da Covid-19).