FECHAR
FECHAR
29 de outubro de 2020
Voltar

O que muda com o lançamento do Programa Mineração e Desenvolvimento (PMD)

Entre as mudanças previstas pelo documento, estão o compromisso sócio-econômico-ambiental na mineração; a ampliação do conhecimento geológico; o avanço da mineração em novas áreas; entre outros
Fonte: Assessoria de Imprensa

Lançado recentemente, o Programa Mineração e Desenvolvimento (PMD) é uma iniciativa do Governo Federal direcionada ao incentivo de novos investimentos e promoção do desenvolvimento sustentável da mineração brasileira.

O programa, que contempla mais de 100 metas para o período entre 2020 e 2023, destaca a importância das potencialidades minerais do país para atender demandas da sociedade mundial.

Deste modo, a ação pretende transformar o patrimônio mineral em riqueza para o desenvolvimento sócio-econômico-ambiental.
De acordo com Jerri Alves, superintendente do Grupo MBL, o programa oportuniza um crescimento ainda maior do setor que, além de ser uma importante fonte de renda para milhares de brasileiros, também é responsável por quase 5% do PIB nacional.

O empresário ressalta que, apesar do forte apelo econômico, a mineração industrial legalizada, ainda ocupa apenas uma área de 0,6% do território nacional. “Com esse maior incentivo à pesquisa geológica, a sociedade terá acesso a bem mais do que os atuais 30% de potencial geológico”, observa.

Entre as mudanças previstas pelo documento, estão o compromisso sócio-econômico-ambiental na mineração; a ampliaçã...


Lançado recentemente, o Programa Mineração e Desenvolvimento (PMD) é uma iniciativa do Governo Federal direcionada ao incentivo de novos investimentos e promoção do desenvolvimento sustentável da mineração brasileira.

O programa, que contempla mais de 100 metas para o período entre 2020 e 2023, destaca a importância das potencialidades minerais do país para atender demandas da sociedade mundial.

Deste modo, a ação pretende transformar o patrimônio mineral em riqueza para o desenvolvimento sócio-econômico-ambiental.
De acordo com Jerri Alves, superintendente do Grupo MBL, o programa oportuniza um crescimento ainda maior do setor que, além de ser uma importante fonte de renda para milhares de brasileiros, também é responsável por quase 5% do PIB nacional.

O empresário ressalta que, apesar do forte apelo econômico, a mineração industrial legalizada, ainda ocupa apenas uma área de 0,6% do território nacional. “Com esse maior incentivo à pesquisa geológica, a sociedade terá acesso a bem mais do que os atuais 30% de potencial geológico”, observa.

Entre as mudanças previstas pelo documento, estão o compromisso sócio-econômico-ambiental na mineração; a ampliação do conhecimento geológico; o avanço da mineração em novas áreas; o investimento amplo no setor mineral; a seletividade de ações para o setor; a governança, gestão e eficiência na mineração; e o combate às práticas ilícitas na atividade mineral, entre outros.

No âmbito da segurança jurídica, o objetivo do programa é atrair investimentos para projetos na área de mineração e consolidar essa atividade como parceira do desenvolvimento sustentável.

Av. Francisco Matarazzo, 404 Cj. 701/703 Água Branca - CEP 05001-000 São Paulo/SP

Telefone (11) 3662-4159 - Fax (11) 3662-2192

© Sobratema. A reprodução do conteúdo total ou parcial é autorizada, desde que citada a fonte. Política de privacidade