FECHAR
15 de outubro de 2020
Voltar

Obra modular no interior de SP tem 2 mil metros quadrados

Composto por 44 módulos, espaço abrigará centro de treinamento e foi totalmente produzido dentro da fábrica da Brasil ao Cubo
Fonte: Assessoria de Imprensa

Para construir um centro de treinamento e de serviços compartilhados que comportasse profissionais de diversas áreas da Ambev em um só lugar, foram necessários 44 módulos que se acoplam perfeitamente entre si graças ao exclusivo sistema Plug and Play criado pela Brasil ao Cubo.

Com cerca de 2 mil metros quadrados, o projeto é considerado a maior obra modular off-site industrializada da América Latina. “Esse projeto é um marco para a construção modular brasileira, já que mostra o real potencial deste modelo construtivo, principalmente no que diz respeito a sustentabilidade, prazos e custos otimizados”, avalia o fundador da Construtech, Ricardo Mateus.

O projeto foi totalmente executado no parque fabril da Brasil ao Cubo, em Tubarão (SC), que fica cerca de 910 km de distância do local da obra, em Jacareí, no interior do estado de São Paulo. Os transportes dos módulos foram feitos por 17 carretas, das quais 11 fizeram duas viagens para que a acoplagem ocorresse em um total de 15 dias, totalizando 59 dias de obra desde o início da preparação do local até a entrega.

Segundo a empresa, a sustentabilidade é o grande diferencial da estrutura projetada. Contando com painéis fotovoltaicos, que transformam luz solar em energia elétrica, e sistema para captação e re...


Para construir um centro de treinamento e de serviços compartilhados que comportasse profissionais de diversas áreas da Ambev em um só lugar, foram necessários 44 módulos que se acoplam perfeitamente entre si graças ao exclusivo sistema Plug and Play criado pela Brasil ao Cubo.

Com cerca de 2 mil metros quadrados, o projeto é considerado a maior obra modular off-site industrializada da América Latina. “Esse projeto é um marco para a construção modular brasileira, já que mostra o real potencial deste modelo construtivo, principalmente no que diz respeito a sustentabilidade, prazos e custos otimizados”, avalia o fundador da Construtech, Ricardo Mateus.

O projeto foi totalmente executado no parque fabril da Brasil ao Cubo, em Tubarão (SC), que fica cerca de 910 km de distância do local da obra, em Jacareí, no interior do estado de São Paulo. Os transportes dos módulos foram feitos por 17 carretas, das quais 11 fizeram duas viagens para que a acoplagem ocorresse em um total de 15 dias, totalizando 59 dias de obra desde o início da preparação do local até a entrega.

Segundo a empresa, a sustentabilidade é o grande diferencial da estrutura projetada. Contando com painéis fotovoltaicos, que transformam luz solar em energia elétrica, e sistema para captação e reaproveitamento da água da chuva, a construção garante redução de 30% nos custos com eletricidade e armazena o volume de água captado em uma cisterna, sendo utilizado para irrigação do jardim vertical da fachada do prédio.

Além disso, as paredes externas contam com tratamento térmico, diminuindo gastos com climatização. Atualmente, o imóvel é utilizado pela Ambev como um escritório de serviços compartilhados, reunindo profissionais de diversas áreas da companhia em um só lugar.