FECHAR
FECHAR
16 de julho de 2020
Voltar

RESULTADOS

Petrobras registra recorde de produção de diesel S-10 em junho

As refinarias da companhia processaram 1.6 milhão de m³ do produto
Fonte: Assessoria de Imprensa

A Petrobras alcançou em junho de 2020 o recorde de produção de diesel de baixo teor de enxofre (S-10), totalizando uma produção de 1.6 milhão de m³ ou 10,3 milhões de barris.

Iniciada em janeiro de 2013, a produção do diesel S-10 vem crescendo nos últimos anos atendendo à maior demanda do mercado nacional. Esse movimento acompanha a evolução dos motores de veículos pesados e utilitários movidos a diesel, responsáveis pela maior parte da circulação de mercadorias no território nacional.

Atualmente existem no Brasil dois tipos de diesel rodoviário: o diesel S-500 e o diesel S-10. Além da diferença no teor de enxofre, os produtos têm características específicas, como a diferença no número de cetano, índice que mede a qualidade de ignição, ou seja, quanto maior melhor. No diesel S-10, o índice chega a 48, enquanto que no S-500 é de 42.

A capacidade atual de produção de diesel S-10 do parque de refino da Petrobras é de 139,4 mil m³/dia e ocorre através de unidades de hidrotratamento. Estas unidades são de alta tecnologia e promovem a redução do teor de enxofre e melhoria do desempenho do produto com impactos positivos na redução de contaminantes para o meio ...


A Petrobras alcançou em junho de 2020 o recorde de produção de diesel de baixo teor de enxofre (S-10), totalizando uma produção de 1.6 milhão de m³ ou 10,3 milhões de barris.

Iniciada em janeiro de 2013, a produção do diesel S-10 vem crescendo nos últimos anos atendendo à maior demanda do mercado nacional. Esse movimento acompanha a evolução dos motores de veículos pesados e utilitários movidos a diesel, responsáveis pela maior parte da circulação de mercadorias no território nacional.

Atualmente existem no Brasil dois tipos de diesel rodoviário: o diesel S-500 e o diesel S-10. Além da diferença no teor de enxofre, os produtos têm características específicas, como a diferença no número de cetano, índice que mede a qualidade de ignição, ou seja, quanto maior melhor. No diesel S-10, o índice chega a 48, enquanto que no S-500 é de 42.

A capacidade atual de produção de diesel S-10 do parque de refino da Petrobras é de 139,4 mil m³/dia e ocorre através de unidades de hidrotratamento. Estas unidades são de alta tecnologia e promovem a redução do teor de enxofre e melhoria do desempenho do produto com impactos positivos na redução de contaminantes para o meio ambiente.

Por conta deste processo, o uso de diesel S-10 permite redução das emissões de compostos de enxofre e melhoria da qualidade da ignição.