FECHAR
04 de julho de 2019
Voltar

QUALIDADE / Segurança em obras e benefícios da inspeção

O 1º Fórum sobre Riscos de Acidentes e Responsabilidade Civil de Empresas, da Associação Brasileira de Ensaios Não Destrutivos e Inspeção(Abendi), trouxe temas importantes temas para debate no último dia 18 de junho, em São Paulo.

Autoridades em Inspeção e Fiscalização falaram das tendências de mercado e tiraram dúvidas dos mais de 50 participantes.

Entre as palestras, destaque para Angela Flôres Furtado, presidente do Inmetro que falou de Fiscalização e Regulamentação adequadas e o seu impacto perante a sociedade.

A Abendi organizou esse evento pautada nos últimos acontecimentos envolvendo acidentes ambientais, identificando a necessidade de fomentar o entendimento sobre as normas aplicadas na fiscalização das empresas, responsabilidade civil, pontos jurídicos a serem analisados e possíveis práticas e causas que precisam ser estudadas e evitadas.

O 1º Fórum sobre Riscos de Acidentes e Responsabilidade Civil de Empresas e Pessoas discutiu as boas práticas e a importância das atividades dos Ensaios Não Destrutivos e Inspeção no país, como fator de segurança e preservação da vida e do meio ambiente.

Cristina Godoy de Araújo Freitas, promotora de justiça da ca...


O 1º Fórum sobre Riscos de Acidentes e Responsabilidade Civil de Empresas, da Associação Brasileira de Ensaios Não Destrutivos e Inspeção(Abendi), trouxe temas importantes temas para debate no último dia 18 de junho, em São Paulo.

Autoridades em Inspeção e Fiscalização falaram das tendências de mercado e tiraram dúvidas dos mais de 50 participantes.

Entre as palestras, destaque para Angela Flôres Furtado, presidente do Inmetro que falou de Fiscalização e Regulamentação adequadas e o seu impacto perante a sociedade.

A Abendi organizou esse evento pautada nos últimos acontecimentos envolvendo acidentes ambientais, identificando a necessidade de fomentar o entendimento sobre as normas aplicadas na fiscalização das empresas, responsabilidade civil, pontos jurídicos a serem analisados e possíveis práticas e causas que precisam ser estudadas e evitadas.

O 1º Fórum sobre Riscos de Acidentes e Responsabilidade Civil de Empresas e Pessoas discutiu as boas práticas e a importância das atividades dos Ensaios Não Destrutivos e Inspeção no país, como fator de segurança e preservação da vida e do meio ambiente.

Cristina Godoy de Araújo Freitas, promotora de justiça da capital do Ministério Público, falou de Responsabilidade Civil da Empresa, do Profissional Habilitado e da Alta Gestão.

Normas aplicadas a inspeção, treinamento e capacitação de profissionais foiabordado por José Antonio Pereira Chainho –consultor/auditor técnico.Thiago Pires, coordenador da área de produção da Agência Nacional do Petróleo (ANP) explicou como estão sendo inspecionadas as plataformas, refinarias e terminais.

Como estão sendo Inspecionadas as Pontes e Viadutos de São Paulo foi outro tema debatido no fórum, por Julio Timmerman, diretor presidente do Instituto Brasileiro do Concreto (Ibracon).

No final dia, como as seguradoras podem contribuir neste contexto foi apresentado por Alexandre Ganeu, Gestão de Riscos, Tokio Marine.

Abendi

É uma instituição, técnica científica, provedora de soluções que incrementam os negócios das empresas e o crescimento profissional das pessoas.

Trabalha com gestão de projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação, capacitação e treinamento,qualificação e certificação, normalização técnica e difusão do conhecimento nas áreas de Ensaios Não Destrutivos, Inspeções,Acesso por Corda, Saneamento & Infraestrutura, Qualidade & Meio Ambiente e Monitoramento de Condição. O foco central é contribuir com o avanço do País, preservando a vida e o meio ambiente.

A Abendi mantém parcerias com entidades e empresas para disseminar o uso de ENDs, técnicas indispensáveis na inspeção de materiais e equipamentos sem danificá-los, sendo executadas nas etapas de fabricação, construção, montagem e manutenção. Também é acreditada pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, como Organismo de Certificação de Pessoal – OPC-002, conforme a Norma ISO 17024, para a qualificação e certificação de pessoal em END, baseada nos critérios da Norma ISO 9712. Credenciada, desde 2003, pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) como Organismo de Normalização Setorial (ONS-58), para a elaboração de normas de END; e pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) como instituição de Pesquisa & Desenvolvimento P&D, nas áreas de interesse da indústria petrolífera e é acreditada pela ANP desde 2013 como Certificadora de Conteúdo Local.