FECHAR
FECHAR
20 de fevereiro de 2020
Voltar

RESULTADOS

Vendas de imóveis usados na cidade de SP crescem 10% em 2019

Levantamento da Lello também aponta alta de 37% no número de unidades comercializadas por financiamento bancário
Fonte: Assessoria de Imprensa

Levantamento da Lello também aponta alta de 37% no número de unidades comercializadas por financiamento bancário.

As vendas de imóveis usados na cidade de São Paulo cresceram 10% em 2019 na comparação com o ano anterior.
É o que aponta levantamento da Lello, imobiliária paulistana com 18 filiais na capital paulista, ABC, interior e litoral do Estado.

Já o número de imóveis vendidos por meio de financiamento bancário cresceu 37% no mesmo período, o que auxiliou na alta no total de novos contratos fechados.

Ainda conforme o levantamento da Lello, o valor médio dos imóveis vendidos em 2019 – Valor Geral de Vendas – foi de R$ 750 mil.

O tempo médio entre a entrada do imóvel no cadastro e a venda foi de cinco meses, o mesmo verificado em 2018.

Do total de imóveis usados vendidos no ano passado, 78% foram apartamentos em condomínios e o restante, casas.

Para Igor Freire, diretor de Vendas da Lello Imóveis, o mercado imobiliário está acompanhando os passos da retomada da economia.

“Sentimos uma melhora já no final de 2019. Neste início de ano já estamos notando um número maior de pessoas interessadas na compra de imóveis. Com a baixa nas taxas de juros e as facilidades que estão sendo pe...


Levantamento da Lello também aponta alta de 37% no número de unidades comercializadas por financiamento bancário.

As vendas de imóveis usados na cidade de São Paulo cresceram 10% em 2019 na comparação com o ano anterior.
É o que aponta levantamento da Lello, imobiliária paulistana com 18 filiais na capital paulista, ABC, interior e litoral do Estado.

Já o número de imóveis vendidos por meio de financiamento bancário cresceu 37% no mesmo período, o que auxiliou na alta no total de novos contratos fechados.

Ainda conforme o levantamento da Lello, o valor médio dos imóveis vendidos em 2019 – Valor Geral de Vendas – foi de R$ 750 mil.

O tempo médio entre a entrada do imóvel no cadastro e a venda foi de cinco meses, o mesmo verificado em 2018.

Do total de imóveis usados vendidos no ano passado, 78% foram apartamentos em condomínios e o restante, casas.

Para Igor Freire, diretor de Vendas da Lello Imóveis, o mercado imobiliário está acompanhando os passos da retomada da economia.

“Sentimos uma melhora já no final de 2019. Neste início de ano já estamos notando um número maior de pessoas interessadas na compra de imóveis. Com a baixa nas taxas de juros e as facilidades que estão sendo pensadas pelas instituições financeiras para abertura de crédito imobiliário, sentimos o mercado reagindo positivamente. Estamos bastante animados para 2020”, diz Freire.