FECHAR
24 de maio de 2018
Voltar

Mercado

Tijolo por tijolo

O nível de emprego na construção civil subiu 0,4% em março na comparação com fevereiro
Fonte: Folha de São Paulo

Foram quase 9.000 novas vagas, o que, para um setor que emprega 2,3 milhões de pessoas, é praticamente estagnação, afirma José Romeu Ferraz Neto, presidente da entidade.

A tendência é que o estoque de trabalhadores termine este ano no nível de 2017, próximo a 2,37 milhões, diz ele. Até fevereiro, a perspectiva era de déficit de 100 mil postos de trabalho em 2018.

“Pode ser que, a partir de agora, tenhamos queda em algum mês, mas projetamos estabilidade. Não teremos mais cortes mensais de 120 mil vagas como antes.”

Os principais motivos para a melhora são a retomada de projetos de incorporadoras e de infraestrutura que estavam engavetados, afirma Ferraz.

 

 

 

Produção editorial: Revista Grandes Construções – Desenvolvido e atualizado por Diagrama Marketing Editoral