13 de junho de 2019
Voltar

PRÊMIO

Engie premia startup e debate inovação em saúde e segurança do trabalho

A startup premiada foi a NextCam pelo desenvolvimento de uma solução inovadora para reduzir o risco de acidentes na indústria, utilizando visão computacional e inteligência artificial
Fonte: Assessoria de Imprensa

A Engie, produtora privada de energia elétrica no Brasil, realizou na semana passada a quinta edição do Engie Brasil Innovation Day, evento de inovação que, neste ano, debateu iniciativas inovadoras na área de saúde e segurança no trabalho e premiou a melhor startup nessas atividades, a NextCam.

O CEO da Engie Brasil, Maurício Bähr, explicou, na abertura, que inovação é uma necessidade para a empresa.

“Se não continuarmos nos transformando, não vamos continuar vivos. A cultura de inovação é algo que queremos fomentar cada vez mais no Grupo”, disse.

“Inovar na área de saúde e segurança é uma pré-condição e um valor básico para a inovação, sem a qual não conseguimos desempenhar nossas atividades, garantindo o bem estar de nossos colaboradores e terceirizados”, completou o executivo.

O diretor administrativo da FINEP, André Godoy, apresentou um panorama do financiamento à ciência e à inovação no país, em que a prosperidade desta área depende de integrar os institutos de tecnologia e empresas e reduzir a burocracia.

“A inovação tem que estar na vida das pessoas, para que entendam quão transformadora ela é”, ressaltou.

Durante o painel de debate “Como a inovação e a tecnologia devem contribuir para a saúde e segurança no trabalho”, Simone Barbieri, diretora de Pessoas e Cultura da Engie Brasil, elencou iniciativas na área adotadas pelo Grupo, que cabem a todas as companhias.

“Saúde e segurança não são simplesmente prioridade para a Engie, mas um valor, um pré-requisito para todas as situações. Temos campanhas para que as pessoas vejam valor nessa área, por exemplo, dando poder para que elas não executem uma atividade caso percebam uma situação de risco ou não se sintam bem”, conta Barbieri.

Simone ressaltou ainda ações globais da Engie, chamadas “Regras que Salvam Vidas”, adaptadas às leis locais e às atividades (geração de energia e serviços).