Matérias > Edição 37 > Momento Construction > Construction Expo 2013 - Prévia
16 de maio de 2013 - 15h21

Construction Expo 2013: O Brasil na rota mundial da construção

Safra recorde, problemas de logística, inflação em alta, aumento dos juros, diversas obras em andamento ou paralisadas, outro grande número de projetos na gaveta, um amplo programa de concessões seja na área de rodovias, ferrovias e aeroportos, o Pré-sal, déficit habitacional em expansão e o programa “Minha Casa, Minha Vida”, que prevê a construção de mais de 2 milhões. Crise é oportunidade, como diriam os chineses, pois o Brasil ainda não conseguiu atender à melhoria da infraestrutura para atender ao ciclo de crescimento econômico dos seus últimos 10 anos, que inseriu 30 milhões de brasileiros na classe média, e criou um novo patamar de consumo de produtos e serviços.

É neste cenário que ocorre a Construction Expo 2013 – 2ª Feira Internacional de Edificações e Obras de Infraestrutura, entre 5 e 8 de junho, no Centro de Exposições Imigrantes/SP, uma realização da Sobratema – Associação Brasileira de Tecnologia para Construção e Mineração. A feira reúne toda a cadeia de profissionais e empresários do setor, e aglutina as principais novidades e lançamentos em serviços, materiais e equipamentos que busquem a maior produtividade e eficiência em uma obra.

A Construction Expo 2013 tem formato inovador, com a realização simultânea de salões temáticos, em que o visitante tem a oportunidade de vivenciar e interagir alguns desses sistemas tecnológicos presentes nos canteiros de obras.

No Salão ABCIC da Construção Industrializada do Concreto, o visitante poderá ver de perto o processo de elaboração dos pré-moldados de concreto, do projeto, até a fabricação e montagem do sistema.  O Salão da Construção Seca reúne as cadeias produtivas do Light Steel Framing e do Drywall. O Salão do Rental contará com a participação das empresas da área de locação de máquinas e equipamentos, setor em franca ascensão. Além disso, as principais construtoras do Brasil e mais de 100 entidades confirmaram presença no evento.

Outra novidade será os Salões das Grandes Construções, em que o público poderá conhecer de perto como se desenvolve algumas das grandes obras que estão ocorrendo pelo país atualmente. Uma delas é a Arena Corinthians, situada na zona leste em São Paulo, que deve receber o jogo de abertura da Copa Fifa 2014. O salão do Programa de Desenvolvimento de Submarinos Nucleares (Prosub), desenvolvido pela Marinha Brasileira, deve atrair a atenção do público pela importância estratégica na defesa da costa brasileira. Já o salão do Porto Maravilha e Metrô do Rio de Janeiro mostram detalhes de dois das maiores intervenções urbanas que acontecem nesse instante, no Brasil, e que vão mudar a face da cidade-sede dos Jogos Olímpicos de 2016.

Nas páginas seguintes, veja uma prévia das novidades que as expositoras estão apresentando na Construction Expo 2013.

Geradores e torres de iluminação Atlas Copco

A Atlas Copco apresentará na Construction Expo 2013 sua nova linha de geradores portáteis e torres de iluminação, de fabricação nacional e com tecnologias inovadoras. A empresa também exibirá a nova linha de rompedores pesados, os chamados rompedores de carreta, que possibilitam grande performance com baixos custos.

Segundo o fabricante, os geradores se destacam pelo seu baixo consumo de óleo diesel, autonomia de 12 horas e baixo nível de ruído. Além disso, possuem uma estrutura de içamento flexível, que não amassa a carenagem, além de ter um design que facilita o acesso aos equipamentos de manutenção. Outro diferencial é o chassi 100% vedado. Os geradores possuem um reservatório capaz de conter 110% dos fluidos do equipamento. Em uma situação hipotética onde 100% de todo o combustível e fluido vazassem, mesmo assim eles seriam acondicionados neste reservatório, tornando impossível escapar algum contaminante para o meio ambiente.

As torres de iluminação QLT M20, que também possuem o chassi 100% vedado, destacam-se por sua portabilidade. O equipamento possui barra de tração retrátil, usando menos espaço, permitindo que mais torres sejam transportadas ao mesmo tempo em um caminhão. As torres possuem ainda o maior mastro da categoria (9,44 metros); menor nível de ruído; para-lamas em polietileno de alta resistência; carenagem e chassi robustos; duplo filtro de combustível, do tipo “Heavy Duty”, contribuindo para uma maior performance luminosa em relação ao consumo de combustível.

Já os novos rompedores, eles estão sendo apresentados ao mercado em 40 modelos, que podem ser divididos em três categorias: HB (Heavy Breaker), MB (médium) e SB (Solid Body), com diferentes variações de potência.

Brafer destaca a cobertura da Arena do Corinthians

A Brafer Construções Metálicas apresentará um panorama da fabricação e montagem da cobertura do estádio do Corinthians, com todos os seus desafios técnicos e exigência de soluções especiais. A obra representa todo o know-how e excelência da empresa, que é responsável pelo detalhamento, fornecimento e montagem da cobertura do estádio, que chega a aproximadamente 7.000 toneladas de tubos divididas entre a Brafer e a empresa Alufer.

O projeto arquitetônico, desenvolvido pelo escritório alemão Verner Sobek, de Suttgart é considerado como inovador e arrojado, representando grandes desafios. A cobertura tem vãos livres de 250 metros e balanços de 60 metros, e sua estrutura é composta por tubos de aço quadrados e retangulares. Trata-se de uma estrutura espacial toda apoiada sobre rótulas, o que quer dizer que estará totalmente estabilizada apenas quando estiver montada por inteiro. Cada tesoura da cobertura tem cerca 80 m de comprimento e altura de até 12 m. Para a montagem, será necessário preparar uma pequena fábrica no local para que as tesouras sejam montadas e soldadas antes do içamento.

A direção da empresa aposta que o mercado da estrutura metálica vai continuar crescendo e as expectativas são animadoras, especialmente nos segmentos de infraestrutura, óleo e gás e industrial. Em 2013 e 2014, a Brafer dará bastante ênfase ao mercado de torres de transmissão, comprando maquinário e estabelecendo uma equipe especializada.

Várias opções em cimento da Brennand

A Brennand aproveita a Construction Expo para apresentar suas opções em cimento para vários tipos de aplicação. Tratam-se dos cimentos: CP II 32 – CP IV 32 – CP V ARI e CPII E- 40.

O cimento CP II-F-32, por exemplo, possui baixo teor de adição, composto por fíler calcário, que garante resistências iniciais superiores, uniformidade em sua coloração escura e consequentemente desempenho superior e redução de custos. Indicado para todas as aplicações desde o início ao final da obra.

Já o cimento CP II-E-40 foi desenvolvido exclusivamente para atender as necessidades das concreteiras, de forma a garantir o melhor desempenho, performance e melhor relação custo-benefício. A finura deste cimento é ajustada de forma a garantir maior resistência inicial, sem que a demanda de água no concreto aumente. O teor ideal de escória presente no produto garantirá o crescimento da resistência à idade avançada, além de possibilitar a utilização em ambientes quimicamente agressivos, sem perder desempenho.

O cimento CP IV-32 é indicado para aplicações onde o risco de fissurações ocasionados pelo calor de hidratação é elevado. Seu teor de adições pozolânicas garante que o calor liberado pela hidratação do clínquer de cimento seja menor, evitando o risco de fissuração. Nas resistências finais, a adição pozolânica irá proporcionar maior durabilidade à estrutura e maior resistência comparadas aos cimentos de sua categoria.

Por fim, o cimento CP V-ARI MAX é um produto de elevado desempenho, desenvolvido exclusivamente para aplicação na indústria de pré-moldados e artefatos de concreto, onde torna-se necessário o aumento da produtividade associado a resistências extremamente elevadas nas primeiras horas de aplicação. É especialmente indicado em situações onde são exigidas desformas rápidas das peças concretadas.

Grupo Convicta: locação do caminhão com a Beton Bomba

O Grupo Convicta lançará a locação da Beton Bomba (caminhão betoneira com bomba de concreto acoplada). Trata-se de um equipamento ideal para pequenas obras que demandam pequeno volume de concreto, fábricas de pré- moldados, casas populares, pequenas lajes, etc.

Produzida com alta tecnologia para redução do peso total do equipamento e aliada a tendências e necessidades do mercado, o equipamento conceito “dois em um”, além do transporte e mistura, possibilita também  o bombeamento do concreto diretamente no local de aplicação, eliminando a utilização de um equipamento individual de bombeio. “É ideal para aplicações pontuais em espaços reduzidos, onde se necessita grande mobilidade, flexibilidade e agilidade”, conta Jorge Werneck, gerente Comercial do Grupo Convicta.

A empresa também estará oferecendo a opção da terceirização de frota de caminhões betoneiras para as concreteiras; automação para centrais de concreto (proporciona ao cliente uma grande redução no desperdício de matéria-prima, maior controle nas operações e aumento da produção horária da central de concreto). Oferecerá ainda os serviços de reforma de betoneiras, podendo ser com a reforma no próprio equipamento, ou com a substituição do equipamento completo por uma Betoneira C-8000 Convicta, utilizando apenas o conjunto hidráulico do cliente, que tem a possibilidade de pagar através do Finame.

CZM: soluções para fundações

Empresa provedora de soluções inteligentes em equipamentos para fundação, a CZM Indústria de Equipamentos Ltda. está preparando uma série de novidades para apresentar. Entre elas está a estaca hélice entubada modelo EK180ES, que executa paredes diafragmas mediante a perfuração de estacas secantes. Esse método conjuga a produtividade de hélices contínuas com a segurança do revestimento de estacas tipo raiz e se diferencia dos métodos tradicionais por ser rápido, limpo e silencioso. O modelo EK180ES vem ao encontro a uma necessidade crescente do mercado brasileiro para a construção de subsolos de garagens.

Segundo Marcos Cló, diretor Comercial da CZM, a estaca EK180ES perfura paredes diafragmas a partir do diâmetro de 420 mm até 17 metros de profundidade. A perfuratriz tem um cabeçote duplo de torque até 15 t.m, tem peso operacional de 55 t e possui um sistema pantográfico que permite a rápida locação das estacas que podem ser perfuradas no sentido transversal ao deslocamento do equipamento, que também gira 360 graus.

Outra novidade é a MC150, um equipamento multiuso que executa estacas tipo raiz e trado mecanizado rente à divisa, com diâmetro de 30 cm; estacas escavadas até um metro de diâmetro; e estacas hélice segmentada de pequeno diâmetro. Para a aplicação destas hélices segmentadas e de estacas tipo raiz de grande diâmetro, a empresa vai expor a MC180. Levará também o martelo hidráulico de pilão de oito tons, modelo EM8000HH, que vem revolucionando a eficiência desse segmento.

Eco Blaster traz o poliuretano para a construção

A Eco Blaster divulgará, durante a exposição, as mais recentes inovações da marca, desenvolvidas à base de poliuretanos. São produtos utilizados no mundo todo destinados à construção civil direta ou indiretamente, tais como resinas hidroativas que podem ser adquiridas na forma de espuma e gel, para contenção emergencial de vazamentos de água por trincas e rachaduras.  Há ainda resinas para grauteamento químico de cura rápida, resinas para pisos esportivos e industriais, entre outros.

A empresa iniciou suas atividades desenvolvendo produtos de acordo com a necessidade do cliente para os mais diversos setores, tais como na indústria de montagem eletromecânica, eletrônica, pisos esportivos e industriais. Graças a isso conquistou o reconhecimento do mercado o que possibilitou expandir seu raio de ação em direção a outros segmentos.

“O mercado da construção foi um deles, com o desenvolvimento de produtos específico para toda a área, com destaques nas áreas esportivas e industriais”, reforça Carla Ivana, assistente de Marketing da companhia.

“Temos uma expectativa de um crescimento e desenvolvimento do mercado brasileiro em termos de exigência de qualidade e produtividade na área da construção”, afirma.

Emit lança martelo rompedor na CE 2013

A Emit Comercial Importadora e Exportadora Ltda. aproveitará a Construction Expo para lançar no mercado brasileiro um novo martelo rompedor elétrico, com força de impacto de 65 Joules e 1030 g/por minuto.

O equipamento, com peso de 30 kg, tem potência de 2.000 watts, tensão de 110v ou 220v ( Disponível 220v ) e frequência de 60hz. “Trata-se de um martelo excelente para trabalhos de demolição em que a ferramenta precisa ser de fácil manuseio e precisão na utilização”, explica Murilo Farias Santos, diretor da empresa.

O executivo garante que o momento está ótimo para desenvolver equipamentos e ferramenta para atender os clientes do setor de construção civil. “Estamos bem otimistas em relação aos grandes eventos que acontecerão no Brasil a partir deste ano. As grandes obras de infraestrutura certamente elevarão o nível de atividade econômica no país, o que beneficiará diversos segmentos, em especial o da construção civil”, reforça.

Segmento de rental em evidência

Quem passar pelo estande da Escad Rental durante a Construction Expo terá oportunidade de conhecer um pouco mais sobre o setor de locação de máquinas e equipamentos para construção, que cresce significativamente no Brasil, a exemplo do que já ocorre há muito tempo na Europa, Estados Unidos e outros países desenvolvidos. “O segmento rental aumentou de 15% para 30% em participação no mercado, nos últimos 10 anos, porque locar é uma excelente opção, uma vez que o cliente não precisa investir em equipamentos, ficando livre para direcionar seu capital em seu negócio”, explica o diretor da empresa Eurimilson João Daniel.

Com 35 anos de mercado, a Escad conta com sete filiais em cinco estados brasileiros, uma frota com mais de 500 opções de equipamentos para locar por  um, 30 ou 365 dias e profissionais capacitados a oferecer projetos de investimentos específicos para cada obra. “Estamos aptos a dar todo o suporte operacional aos nossos clientes localizados em qualquer parte do Brasil e países vizinhos”, assegura Daniel.

Segundo ele, a linha de produtos da empresa é composta por escavadeiras, tratores de lâmina e agrícola, pás-carregadeiras, motoniveladoras, bombas de concreto, acessórios hidráulicos para executar trabalhos de escavação, compactação, nivelamento, carregamento, concretagem, transporte, entre outras operações.

Fernandes Arquitetos na Construction Expo 2013

O escritório Fernandes Arquitetos Associados participa da Construction Expo 2013 destacando sua trajetória institucional. Fundado e dirigido pelo arquiteto Daniel Hopf Fernandes, o escritório tem sede em São Paulo (SP) e em 2013 está comemorando 15 anos de atuação no mercado. A empresa é responsável por um portfólio que soma mais de 160 projetos, de diversos segmentos, tais como: infraestrutura e transportes, saúde, industrial, residencial, institucional, esportes e urbanísticos, além de edifícios comerciais e de uso misto.

A Fernandes é o único escritório brasileiro responsável pelos projetos de dois estádios para a Copa do Mundo de 2014: o Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ), e a Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata, cidade da região metropolitana do Recife. Ambos premiados internacionalmente.

Pelo projeto de modernização do Maracanã, o escritório recebeu o prêmio Architectural Review Future Project Awards, na categoria Retrofit. E com o projeto para a futura Arena Pernambuco, a Fernandes foi contemplada com o prêmio International Property Awards, na categoria “Best” Public Service Architecture.

O escritório tem como diferencial a elaboração de projetos que prezam pela excelência e integração ao meio, atendendo não apenas ao objetivo inicial do empreendimento projetado, mas que contribuam com o desenvolvimento da região em que está inserido.

Considerando a sustentabilidade (ambiental e financeira) e a segurança como aspectos importantes em seus trabalhos, a Fernandes também idealiza projetos que se caracterizam pela multifuncionalidade. As arenas, por exemplo, são preparadas para receber diferentes tipos de eventos.

Getefer divulga as novidades da marca Movax

A Getefer Ltda., distribuidora dos produtos Movax, vai divulgar, durante a feira, os bate-estacas vibratório com braços laterais Movax Side-Grip e o novo bate-estacas martelo Movax IH.

O estaqueador Movax IH é um martelo estaqueador hidráulico de queda com energia de impacto ajustável de 0-25 kNm. Já os estaqueadores vibratórios de alta frequência Movax Side-Grip são montados em escavadeiras hidráulicas e permitem ser utilizados para cravação de estacas de maneira muito eficiente. A tecnologia Side-Grip permite prender a estaca prancha de lado, como também a partir da parte superior e, assim, tornar possível dirigir estacas mais longas do que é normalmente capaz a escavadeira.

Os bate-estacas são disponíveis em diferentes tamanhos para atender uma ampla gama de requisitos de estaqueamento e combinar com máquinas portadoras de diferentes tamanhos. “Movax oferece soluções eficazes para a cravação e extração de estacas-prancha, vigas H, vigas e tubos de aço, de madeira em diferentes solos e várias condições do local”, Perminio Alves Maia de Amorim Neto, sócio-gerente da Getefer.

A linha de produtos Movax também inclui equipamentos para a instalação de estacas-prancha pequenas, de plástico  ou estacas moldadas no local para bases para painéis solares ou outros fins especiais.

O Movax oferece economia de custo real, uma vez que é capaz de realizar o processo de condução da estaca-prancha, tubo, etc., sem a necessidade de movimentação manual das estacas ou auxílio de outras máquinas.

A Movax também fornece um sistema de controle que liga a escavadeira ao acessório que dá informações essenciais do processo de estaqueamento. O sistema também controla o movimento do braço e da lança da escavadeira para cravar ou sacar a estaca, tubo ou viga numa vertical determinada.

Novas centrais de concreto Ixon na CE 2013

Os visitantes da Construction Expo 2013 que passarem pelo estande da Qualitec Indústria e Comércio, empresa que fabrica e comercializa produtos da marca Ixon, terão a oportunidade de conhecer em detalhes a central de concreto IX TGM MAX, que, segundo o fabricante, possui uma grande vantagem competitiva pelo conceito de fácil mobilização e desmobilização.

O equipamento possui como principais características:

Produção 20 m³/h a 40 m³/h;

Ponto de carga 4 (m);

Agregados sem limite;

Balança de agregados 10 m³;

Balança de cimento opcional 1500 kg;

Água Vazão;

Silos de cimento opcionais (externos) 1 a 3;

Aditivos Vazão.

Segundo informações da diretoria da empresa, as expectativas de vendas para o exercício de 2013 e os próximos anos são excelentes. “Acreditamos e objetivamos um crescimento e consolidação ainda maior da linha de produtos Ixon neste cenário que prevê grandes obras e construções para os próximos anos”, comentou Suélen Thume, responsável pela área comercial da Qualitec.

Kanaflex lança o tubo corrugado KanaSuper

Kanafrex S.A. Indústria de Plásticos vai lançar, durante a Construction Expo 2013, o KanaSuper. Trata-se de um tubo corrugado de grande diâmetro com dupla parede em PEAD (Polietileno de Alta Densidade), destinado a captar ou conduzir fluidos (drenagem pluvial, esgoto, água, etc.) por gravidade.

A matéria-prima PEAD é muito resistente ao ataque químico, além de ter grande longevidade. O sistema de ponta-bolsa-anel dá estanqueidade suficiente e evita contaminação do lençol freático caso os tubos estejam conduzindo fluidos agressivos. “É muito mais leve que os tubulões de concreto, facilitando a instalação e reduzindo drasticamente a possibilidade de acidentes e quebras”, garante Eduardo Bertella, gerente de Marketing da empresa.

Segundo o executivo, o KanaSuper atende as normas ISO 21138-1: Sistemas de tubos plásticos para drenagem subterrânea e esgoto não pressurizado;  sistemas de tubos com dupla-parede em PVC-U, polipropileno (PP) e polietileno (PE). Parte 1: Especificação de material e critério de desempenho para tubos, conexões e sistema; e Parte 3: Tubos e conexões com superfície externa corrugada (não lisa), Tipo B.

“A classe de rigidez é determinada conforme ISO 9969, podendo ser de SN2, 4 ou 8”, explica  o gerente de marketing.

Engenharia integrada reduz várias etapas do projeto

Especializada em desenvolver projetos de Engenharia Integrada, a Knijnik pretende levar ao conhecimento dos visitantes da feira informações sobre o desenvolvimento de projetos de cada disciplina de engenharia – estruturas, instalações elétrica, hidráulica e ar-condicionado – integrados em um único projeto.

Daniel Knijnik, presidente da empresa diz que o processo de engenharia integrada reduz em até 60% o ciclo de desenvolvimento dos projetos, diminui em até 70% o número de reuniões de projetos e garante a compatibilização das disciplinas de engenharia. “Se em um ano de recessão no mercado da construção civil, como foi o de 2012, as vendas da empresa aumentaram 120%, com as negociações já em andamento, alcançar os três dígitos em 2013 é uma realidade, ao apostar em vendas da ordem de R$ 100 milhões”, afirma o executivo.

Vários índices apontam para o crescimento do setor da construção civil em 2013, decorrentes, inclusive, de medidas adotadas pelo Governo Federal, em dezembro de 2012 para aquecer o segmento, como a desoneração da folha de pagamento, por exemplo. Estudos da Fundação Getúlio Vargas (FGV) apontam para um crescimento de 4% no setor, enquanto para a Associação Brasileira de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip), o crédito imobiliário caminha para virar a maior operação de financiamento à pessoa física do mercado brasileiro em 2013.

Liebherr: alta tecnologia e qualidade de equipamentos

A Liebherr vai expor durante a feira a plataforma giratória do guindaste de torre 85 EC B5b.  O equipamento de produção nacional da Liebherr, recentemente foi aprovado pelo Finame.

O modelo tem altura livre de 46,2 metros, sem ancoragem, e capacidade máxima de carga de 5.000 kg, sendo 1.300 kg na ponta da lança, a 50 metros de raio.

Segundo o fabricante, o equipamento conta ainda com uma moderna eletrônica embarcada, equipado com um sistema de monitoramento eletrônico e com vários sensores. Possui mecanismo de elevação de 22 kW,  inversor de frequência e coletor elétrico de série (que evita torções do cabo de alimentação).

O guindaste de torre está equipado também com um sistema automático e patenteado pela fabricante de troca das quedas de cabo (duas e quatro quedas), permitindo que o guindaste dobre a sua capacidade de carga e retorne ao estado anterior, em segundos.

Locar: soluções em movimentação e intermodalidade

A Locar Guindastes e Transportes Intermodais vai mostrar toda a expertise da empresa nos segmentos de serviços marítimos, andaimes, transportes especiais e remoções industriais, guindastes, gruas, manipuladores telescópicos e plataformas aéreas.

Com soluções para os clientes, em grande parte petroquímicas, mineradoras, companhias de energia, metalúrgicas, construtoras, montadoras e outros, a empresa aproveitará o evento para mostrar alguns equipamentos, entre os quais estarão uma plataforma aérea 1500SJ e uma grua.

De acordo com o departamento comercial, a Locar trabalha com excelentes perspectivas para 2013 e os próximos anos. As estimativas têm como base as grandes obras que estão em andamento e outras que deverão ser realizadas para atender os eventos esportivos que começam em 2013 e terminam em 2016 e a demanda posterior.

Loctrator: soluções para locação e terraplanagem

Com mais de 15 anos de experiência no setor de locação e terceirização de máquinas e equipamentos, a Loctrator - Locação e Terraplanagem aproveita a feira para divulgar as vantagens dos trabalhos que oferece para o mercado de construção. Coligada às empresas LocRental Locação de Equipamentos e West Locação de Equipamentos, a Loctrator é uma empresa que baseia sua operação no constante aprimoramento tecnológico, aliada a um elevado nível de gestão administrativa. Mantém permanente pesquisa e acompanhamento de novas tecnologias, dos lançamentos de máquinas e equipamentos para terraplanagem e construção civil.

Sua experiência de trabalho firma-se da pequena reforma de manutenção à parceria nas soluções de locação para obras de infraestrutura com equipamentos de última geração. Atuando em vários estados brasileiros, atua no mercado da construção civil com reformas, terraplanagem, saneamento básico, aterro sanitário e desassoreamento.

Luna divulga suas atividades na CE 2013

A Luna Locações e Transportes, empresa derivada de uma companhia com experiência em prestação de serviços de terraplenagem desde 1975, foi criada em 2005 para transportar equipamentos de terraplanagem, pavimentação e industriais. “Somos especializados em transportes de cargas de até 33 toneladas, trabalhamos com cavalos ‘toco’ e ‘trucados’, carretas retas e rebaixadas e caminhões com plataforma hidráulica”, explica José Antônio Spinassé, presidente da companhia. É essa experiência, focada no transporte de cargas indivisíveis, máquinas e equipamentos de terraplanagem, pavimentação, demolição e máquinas industriais que a empresa pretende apresentar durante a feira.

No entender do presidente da Luna, o Brasil tem um horizonte promissor de crescimento, “mas a nossa política está travando a iniciativa privada, será necessário medidas a curto prazo e atitudes de trabalho, sem muito discurso”, alerta.

Machbert lança fresa de asfalto e solo

A Machbert Equipamentos e Serviços Ltda. está preparando uma série de novidades para mostrar aos visitantes da Construction Expo. Uma delas é a fresa de asfalto e solo em geral (abertura de trincheiras) da fabricante dos USA Asphalt Zipper, com a qual a Machbert fechou um acordo de distribuição exclusiva para todo o Brasil. “Já temos no Brasil a primeira unidade desta fresa, para demonstrações, com cabeça de corte com 1,2 metros de largura e até 30 cm de profundidade de corte máxima. As fresas são montadas na parte frontal de carregadeiras sobre pneus”,  explica José Alberto Moreira, diretor Geral da empresa.

Segundo Moreira, a Machbert mostrará, também, os produtos da linha Dieci da Itália, entre os quais estão os manipuladores telescópicos Icarus de 40.17m, (lançamento no Brasil) e as já consagradas no mercado brasileiro autobetoneiras L 4700 e a Asphalt Zipper, modelo 500.

A empresa vai expor ainda, outros acessórios hidráulicos para escavadeiras, tais como caçambas britadoras, placas compactadoras, equipamentos de perfuração e outros.

Para Moreira, o ano de 2013 começou com muita expectativa, tal como ocorreu em 2012, mas tem sido frustrada até o momento. “Mas ainda apostamos no crescimento do país e do mercado da construção e infraestrutura. Estamos falando em termos de grandes obras de infraestrutura, e que seguem em ritmo lento ou em licitação. Nossa expectativa é termos um PIB (Produto Interno Bruto) da ordem de 3,5%. Se esse crescimento se concretizar, pensamos que a empresa poderá crescer acima de 20% ante 2012. Caso isso não ocorra, poderemos ter mais um ano de frustrações”, finaliza.

PERI divulga formas e andaimes da marca

A Peri Brasil vai mostrar aos visitantes da feira os já consagrados produtos da marca nos segmentos de formas, escoramentos e andaimes. Com 6.500 funcionários e 52 filiais em vários países, a Peri atende clientes dos mais diversos segmentos, oferecendo equipamentos mais seguros e uma ampla gama de serviços relacionados à tecnologia de formas e andaimes que tornam as obras mais eficientes e industrializadas.

Entre as inovações que serão divulgadas pela empresa durante o evento está o Peri UP Rosett Flex, sistema de andaime que possui decks metálicos antiderrapante e adaptável a qualquer tipo de interferência, local ou estrutura. A capacidade máxima de carga da torre da escada é 40 kN, e também pode ser usada por até 50 pessoas simultaneamente.

A empresa também demonstrará alguns sistemas de forma, como o Vario GT 24, que é variável e adaptável a qualquer geometria de estrutura; o Skydeck - sistema de formas para lajes em alumínio com o forcado de desforma rápida que pode ser acionado após um dia da concretagem (dependendo da espessura da laje e do tipo de concreto utilizado); soluções inovadoras para túneis, pontes, e demais projetos de infraestrutura, construção industrial ou predial.

Real Bombas: remanufatura para redução de custo

A Real Bombas aproveita o encontro para divulgar aos profissionais da área de construção a importância da remanufatura das bombas de água defeituosas, principalmente aquelas instaladas em equipamentos das linhas pesadas e especiais, como pás-carregadeiras, retroescavadeiras, etc. “Vamos mostrar aos nossos clientes e visitantes da feira as vantagens da remanufatura provando seu custo/benefício, quando comparados às peças novas, com a mesma qualidade e garantia”, comentou Álvaro Macedo, sócio-diretor da empresa.

Segundo o executivo, alguns modelos de bombas são importadas e difíceis de serem encontradas a pronta entrega no mercado nacional. Diante disso a remanufatura torna-se uma alternativa muito atrativa, pois evita que o equipamento fique parado por um longo período, aguardando a importação da peça nova. Falando pelo lado econômico, uma peça remanufaturada custa, em média, 50% do valor de uma nova com vida útil igual ou até superior. Outro fator importante é a questão ambiental, ao comprar um produto remanufaturado, o consumidor estará colaborando com o meio ambiente. “Creio que em nosso país, nos próximos anos, existe uma tendência de crescimento nos produtos remanufaturados, sendo que em países desenvolvidos, estes produtos já são realidade, tendo uma aceitação muito maior”, finaliza.

Ridgid: máquina de crimpar mais rápida que a soldagem

A Ridgid vai apresentar diversas ferramentas, mas a principal será a linha de Sistema de Crimpar Press-Tool que é uma novidade no mercado. Na ocasião, a empresa mostrará a crimpadora e prensadora Press-Tools, que faz prensagem e crimpagem de conexões de cobre e aço inoxidável até 70% mais rápida que uma operação de soldagem.

O modelo RP-210 B é movida à bateria, a Press-Tool é ideal para aplicações em montagem industrial, instalação hidráulica, de gás, naval, construção industrial e outras tubulações de cobre e aço inox. “Trata-se de um trabalho mais seguro ao operador, limpo, ambientalmente correto, rápido e com uma grande vantagem econômica, onde o profissional dessa área consegue montar vários sistemas em um prazo curto de tempo contra a solda que ele levaria mais tempo para realizar o trabalho”, assegura Portella.

Características: modelos à bateria e elétrica, rotação do mordente de 270º e ciclos de crimpagem em torno de cinco segundos e capacidade de trabalhar com tubos de 12 mm à 108 mm.

“Por se tratar de uma feira de infraestrutura, nós queremos conhecer e explorar melhor este segmento com os produtos que temos a oferecer para instalação, manutenção e reparo em tubulação”, conta Angélica Portella, responsável pela área de Marketing da empresa.

Scania expõe linha Off Road com tecnologia Euro 5

Durante a Construction Expo 2013, a Scania vai expor a linha completa de produtos Euro 5 Off Road, composta dos caminhões G 440 8x4, G 440 6x4, P 360 6x4, P 310 8x4 e P 250 6x4.

“A Scania oferece às mineradoras e transportadoras que atuam nesta área as novas cabines P e G Off Road, que possuem a mais completa e qualificada gama de produtos da categoria”, afirma Sílvio Renan Souza, gerente de Vendas de Veículos Off Road da Scania no Brasil. A família de cabines P é formada pelos modelos P 250 6x4 e 8x4, P 310 6x4 e 8x4; e P 360 6x4. Já a cabine G disponibiliza as versões G 400 6x4, G 440 6x4, 6x6 e 8x4 e o G 480 10x4. “São produtos voltados para o setor fora de estrada”, completa Souza. Os veículos contam com novas cabines, motores, caixa automatizada Scania Opticruise, o Scania Retarder e a suspensão traseira, além de outros itens. “O ano de 2012 registrou o recorde de vendas de caminhões off road da Scania no Brasil. Isso mostra que estamos no caminho certo”.

O P 250 6x4 é uma das principais atrações. “O modelo disponibiliza o melhor torque, a maior economia de combustível e a cabina mais confortável e ergonômica da categoria”, diz Souza; o P 360 6x4, com Capacidade Máxima de Tração de 150 toneladas, oferece um torque de 1.850 Nm e soluções adequadas aos clientes que necessitam da máxima performance, na tração 6x4 e na faixa de 360 cv de potência.

O G 440 6X4 foi desenvolvido para operar com caçamba de minério de 16 m³ e capacidade de carga de 30 ton. Já o G 440 8x4 pode receber caçamba de 20 m³ para capacidades de até 40 t. Os veículos também podem ser utilizados em operações de apoio, como caminhões pipa e guindastes.

Os caminhões off road trabalham com motores de 13 litros, que contam com a tecnologia Euro 5, possuem uma nova plataforma, o que trouxe ganho de 9% de torque e 5% de potência em relação ao antigo bloco de 12 litros.

SDLG inicia produção de escavadeiras no Brasil

Reforçando o compromisso com o Brasil, a SDLG inicia, no segundo semestre, a produção de escavadeiras no país. Serão produzidos os modelos LG6150E, LG6210E, LG6225E e LG6250E, que cobrem as classes de peso entre 13,8 e 24,3 toneladas.

Segundo Enrique Ramirez, diretor executivo da SDLG para América Latina, a  produção local oferecerá uma série de benefícios aos clientes e parceiros. Além da criação de empregos, a iniciativa possibilitará a redução nos prazos de entrega, rápido abastecimento da rede de distribuição e melhores condições de financiamento, como o Finame.

A decisão da SDLG em participar da Construction Expo 2013 foi estratégica à medida que a empresa pretende ampliar sua atuação na América Latina e reafirmar sua posição junto aos clientes e demais parceiros de negócios.  Além disso, o Brasil é mercado chave para a companhia com 80% de market share em equipamentos de tecnologia simplificada.

A SDLG oferece ao mercado sete modelos de carregadeiras: LG936L, LG956L, LG938L, LG958L, LG918, LG959 e LG968. Além de quatro modelos de escavadeiras: LG6150E, LG6210E, LG6225E e LG6250E.

Robustos, de fácil operação, simples manutenção, baixo custo e alta produtividade, os equipamentos SDLG são adequados as mais variadas condições de trabalho e garantem confiabilidade e rápido retorno ao investimento feito no produto. Os produtos da SDLG oferecem soluções adequadas a um nicho de mercado que não era atendido e que necessita de equipamento sem tecnologia embarcada e resistente a muitas horas de trabalho sem intervalo.

SH lança um novo sistema de formas

A empresa SH Fôrmas, Andaimes e Escoramentos Ltda. está lançando e apresenta em primeira-mão na CE 2013, o Multiform SH, sistema de formas para parede, pilares, geometrias especiais, como pontes e viadutos; estruturas complexas e vãos maiores.

O produto é desenvolvido em perfis em U laminados, unidos entre si com espaçadores, e vigas SH 20 (madeira) fixas com grampos. Paredes: com painéis maiores, 2,44 x 3,00 m, formados por perfis MF e vigas SH20 forrados com compensado em obra, proporciona significativa redução de mão de obra em obras repetitivas e com disponibilidade de equipamento de movimentação.

Forma para pilar: com a forma montada em duas metades (tipo “L”), pode ser movimentada com grua até a altura final. Estruturas especiais: com elementos de ligação articulador e tensores reguláveis, permite a fácil execução de estruturas especiais como viadutos, túneis, entroncamento de paredes altas e montagem de andaimes de acesso em formas.

A empresa com sede no Rio de Janeiro prevê um crescimento de 24% para este ano, devido às obras de infraestrutura, geradas pelos eventos esportivos que o país receberá a partir deste ano até 2016. Ao todo, a SH – que atua há mais de 40 anos no mercado de construção civil - fará investimentos na ordem de R$ 60 milhões no desenvolvimento de novos equipamentos. Desse total, 15% serão investidos no lançamento de novos produtos e R$ 9 milhões em uma nova unidade no Pará.

Sidrasul: soluções em perfuração e bombeamento

Durante a Construction Expo 2013, a Sidrasul vai expor seus principais produtos: bombas de dragagem Dragflow (com capacidade para bombear até 70% de resíduos sólidos); bombas de drenagem Grindex (para drenagem de lodos com baixa concentração de sólidos); bombas de esgoto Caprari (submersíveis de esgoto para recalque de águas de estações elevatórias e de tratamento de esgotos); bombas para captação de água (submersas, normalizadas, multiestágio e bipartidas); sistema Casing Robit (perfuração segura e sem desvios); sistema de tratamento de Solo em túneis H&W; Bits Top Hammer Robit; martelos e Bits DTH Puma; martelos e Bits à base de água Wassara.

Bombas Dragflow: representa uma grande inovação tecnológica para dragagem. Elas se destacam pela alta capacidade de extração de sólidos, superiores às dragas tradicionais. Com competência para bombeamento de até 70% de sólidos, são ideais para utilização em locais de difícil acesso, onde não há instalação elétrica, pois possuem versões elétricas e hidráulicas. As bombas Dragflow destacam-se ainda pela fácil manutenção preventiva, tendo uma durabilidade expressivamente maior comparada às concorrentes.

Sistema H&W: tecnologia diferenciada para perfuração e tratamento de solo em túneis, o sistema H&W, desenvolvido na Espanha, otimiza o tempo e reduz o custo operacional em grandes obras tuneleiras. O método consiste na perfuração e inserção do revestimento em uma única operação. Além da agilidade do processo, o sistema oferece vantagens como segurança operacional, garantia da execução do trabalho de enfilagem em toda metragem tratada sem que haja a obstrução do furo.

Siti reforça qualidade dos produtos da marca

A Sociedade de Instalações Termoelétricas Industriais – Siti, com sede em Mogi Guaçu (SP) preparou sua equipe para oferecer um atendimento personalizado aos visitantes que passarem pelo seu estande na feira. Durante a mostra, os profissionais da empresa darão todas as informações sobre as betoneiras modelos: RH 75, RY 950 e RY 1100 com capacidade de 7 m³, 8 m³ e 10 m³, respectivamente e outros produtos da marca.

No caso das betoneiras são montadas sobre chassis fabricados com tubos retangulares, com espessura de 8 mm. Os castelos dianteiro e traseiro são soldados (dispensando reaperto de parafuso). O balão é produzido em  chapa especial EN10025 com alto teor de manganês  >1,3% aumentando   resistência a abrasão provocada pelo concreto. O funil de carga tem um diâmetro maior para evitar o entupimento do agregado no carregamento, além de possuir uma chapa de desgaste para aumentar a vida útil.

O sistema de arrefecimento feito através de um reservatório de óleo com capacidade de 60 lt acoplado na lateral do reservatório de água faz com que o sistema hidráulico trabalhe sempre em temperatura baixa. Para uma maior segurança foi instalado um radiador com ventilação forçada que é acionado automaticamente, quando a temperatura atinge 75°.C.

As betoneiras são produzidas com roletes duplos (quatro roletes) fabricados com aço laminado Æ200mm, instalados em um sistema de balancins que distribuem o peso traseiro em quatro pontos, suavizando possíveis golpes na pista, evitando danos na mesma e aumentando a sua vida útil.

A pintura é feita com jato de granalha de aço 2 ½, procedimento que removem praticamente 100% das impurezas na superfície da chapa. Esse processo permite uma maior absorção na aplicação do fundo PU, evitando assim que a tinta se solte aumentando a durabilidade da pintura.

TTR:  transporte pesado da Coreia para o Brasil

A Ra In Ho Co. Ltd. – com sede na Coreia e uma das maiores do mundo na produção de equipamentos de transporte pesado – participa da Construction Expo 2013 através do seu escritório comercial no País, a TTR Brasil.

Durante o evento, os executivos da TTR Brasil vão explicar aos visitantes o trabalho de venda e serviços de assistência técnica oferecido pela empresa para os equipamentos Titan da Ra In Ho Co., presentes em diversas indústrias brasileiras.

Com recordes mundiais de sistema de transporte e elevação transportando 28.000 toneladas com o load-out system (sistema de transferência) e posteriormente 1.050 toneladas com um transportador de rodas múltiplas, a Ra In Ho Co. Ltd. possui também várias patentes de sistemas de transporte.

A Ra In Ho Co. desenvolveu métodos de transporte para auxiliar vários setores industriais, tanto na construção naval e quanto no setor metalúrgico em vários países.

Seus principais produtos são: sistema de Shiplift (elevador de barcos), sistema de transferência e transporte de carga pesada sobre roda ou sobre trilhos.

Novos rompedores hidráulicos ZCROS

A ZCROS Heavy Equipment faz na feira o lançamento dos rompedores hidráulicos Zcros/Feeleng, equipamentos sul-coreanos de última geração e de grande renome internacional. Além dos rompedores, a empresa conta em seu portfólio com as mais diversas soluções para trabalhos no ramo da construção, como placas compactadoras, engates rápidos, tesouras hidráulicas, mandíbulas e fresas.

As principais características dos rompedores hidráulicos Zcros/Feeleng são: alto poder de impacto, graças a estrutura otimizada com isolamento de ruído e eliminação de vibração interna; alta resistência e durabilidade através de aplicação de aço especial Hardox 400; evita batidas desnecessárias através do sistema de controle de batidas (modelo FINE 12x); possui acumulador para diminuir a vibração das mangueiras e proteção da bomba; minimização de choques na estrutura interna através de amortecedor lateral; capaz de operar debaixo d’água; permite a instalação de kit de autolubrificação e é compatível tanto com escavadeiras quanto com retroescavadeiras de 1 até 70 toneladas.

As expectativas da diretoria da empresa são as melhores possíveis em função da realização de grandes eventos como a Copa do Mundo e as Olimpíadas. “O crescimento estimado de 4% do PIB brasileiro tem movimentado positivamente o setor, o que contribui enormemente a nosso favor”, assegura Gerson Itri, gerente geral da divisão Heavy Equipment.

“Apesar de estarmos iniciando as atividades no Brasil, os equipamentos ZCROS/Feeleng já possuem o reconhecimento e aprovação das principais empresas de construção do país. Em 2013, visamos consolidar ainda mais nosso nome como melhor alternativa do mercado, apresentando ótimo custo-benefício e qualidade superior. Estamos fortemente empenhados em alcançar a liderança em 2014, assim como já acontece em várias partes do mundo”, garante Jaime Shim, diretor da divisão Heavy Equipment.

 

 

 

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

Desenvolvido e atualizado por Diagrama Marketing Editoral - Apoio editorial: Revista Grandes Construções. Reprodução apenas com permissão dos editores e com o devido crédito.

Segurança e Privacidade