Notícias > Investimentos
14 de dezembro de 2017 - 01h01

Komatsu investe R$ 2 milhões em novo Centro de Treinamento

Com capacidade para atender até 100 pessoas, o Centro dispõe de ferramentaria e oficina com ponte rolante de 8 toneladas

Diante de um novo ciclo de crescimento, tendo em vista a retomada do mercado em 2018, e estar melhor preparada para atender a demanda de máquinas para o setor da construção, a Komatsu Brasil International antecipa-se à essa projeção ao inaugurar um novo Centro de Treinamento na sede de sua planta no município de Suzano (Rodovia Índio Tibiriçá, 2000), São Paulo.

No local serão ministrados cursos (presenciais e online) direcionados a formação e reciclagem, como também cursos de gestão, qualidade e produtos, visando o desenvolvimento de profissionais, como: mecânicos, vendedores de máquinas e peças, colaboradores de cargos administrativos e gerentes. “Dentre os treinamentos, destacam-se os para vendas de peças e equipamentos, para serviços e operação”, informa Giovane Luiz da Silva, supervisor do Centro de Treinamento.

// Notícias relacionadas
11-01-18 - Arbitragem atrai investidores para novas concessões...

Dotado de excelente infraestrutura com salas (para aulas teóricas e práticas), o novo Centro possui oficina com ponte rolante de 8 toneladas e uma área de ferramentaria. O edifício foi projetado para eventos, como apresentação de novos produtos, palestras e reuniões com distribuidores, pois tem capacidade para comportar adequadamente até 100 pessoas.

De acordo com Luciano Rocha, gerente geral de Vendas e Marketing da empresa, novo Centro de Treinamento de Suzano substitui o primeiro CT criado pela empresa na unidade, em São Paulo. “A construção do prédio teve início em agosto deste ano e envolveu investimentos da ordem de R$ 2 milhões. Mudar o antigo centro para dentro das dependências da fábrica favorece o acesso a visita às linhas de montagem e produção”, acrescenta.

Além do novo Centro de Treinamento inaugurado em Suzano, a Komatsu possui outros dois: em Lagoa Santa, (Minas Gerais) e em Paraupebas (Pará). “Os centros de treinamento são de extrema importância para a Komatsu, pois integram a missão da empresa alinhada ao objetivo de entregar um produto e um pós-venda “Dantotsu”, palavra japonesa que significa incomparável”, finaliza Rocha.

A Komatsu instalou-se no Brasil em 1975 na cidade de Suzano, São Paulo, em uma área de 634.000 m². A fábrica brasileira foi a primeira planta projetada fora do Japão. A unidade brasileira faz parte da estratégia de expansão global, integrando um parque fabril completo com fundição própria e processos de usinagem, caldeiraria, montagem, pintura, inspeção final e expedição.

Também no estado de São Paulo, no município de Arujá, foi inaugurada a segunda planta no Brasil, em 1997, ocupando uma área total de 24.000 m². No local são produzidos tanques, caçambas, cabines, chassis e chaparia em geral.

A Komatsu Brasil International, subsidiária de vendas destinada exclusivamente a cuidar do mercado brasileiro foi criada em 1998.

Atualmente, a Komatsu atua nos segmentos de infraestrutura, agricultura, mineração, rodoviários, ferroviários, aeroportuários, hidroelétricos, petroquímicos e florestais.

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

Desenvolvido e atualizado por Diagrama Marketing Editoral - Apoio editorial: Revista Grandes Construções. Reprodução apenas com permissão dos editores e com o devido crédito.

Segurança e Privacidade