Notícias > Tecnologia
01 de fevereiro de 2018 - 19h27

Rumo ao sucesso

Acionamento integrado acelera a montagem de máquinas para dobra de vergalhões

Fonte: Assessoria de Imprensa

Procurando formas de melhorar o uso de suas máquinas e de economizar em custos de fabricação, a empresa sueca Comeco decidiu lançar uma nova linha de dobradeiras de vergalhões com acionamentos elétricos em vez de hidráulicos. A Nord Drivesystems apoiou a empresa desde a fase inicial de planejamento até à produção, configurando um acionamento vetorial CA com um CLP integrado que controla todas as funções da máquina. Esta solução é mais simples, mais robusta e de manutenção mais fácil. Além de motivos como a economia de peças adquiridas e o tempo de montagem que foi reduzido pela metade.

De maneira a satisfazer as demandas das empresas de construção e aluguel, a Comeco, fabricante sueca de pequeno porte, oferece dobradeiras para vergalhões com diferentes diâmetros. Trabalhar com a Nord Drivesystems permitiu-lhes readaptar uma linha para vergalhões com diâmetros de até 20 mm com acionamentos elétricos, estando atualmente trabalhando em outra linha para diâmetros de até 40 mm. Inicialmente, a Comeco projetava dobradeiras de vergalhões com acionamentos hidráulicos - uma escolha comum para este tipo de máquinas. Mas os especialistas em máquinas para canteiros de obras detectaram vários problemas com essa tecnologia testada e comprovada. Fredric Hallberg, proprietário e gestor da Comeco, declara: "Desenvolvemos dois modelos de dobradeiras hidráulicas do zero. O sistema hidráulico é muito complexo. A instalação da unidade de potência hidráulica, da rede de tubulação e dos sensores demora muito tempo. O design dessa máquina é muito mais complexo e mais suscetível a problemas do que o de nossas novas máquinas eletromecânicas." Por este motivo, a Comeco pesquisou maneiras de tornar as máquinas mais robustas e, idealmente, cuja construção fosse mais barata. "Analisando projetos da concorrência, descobrimos que era possível construir as máquinas de maneira mais barata com acionamentos elétricos", lembra Hallberg. "Isso era importante para nós, conseguirmos integrar funcionalidade de ponta e proporcionar aos usuários mais valor e mais conforto do que com as máquinas de qualidade inferior disponíveis no mercado."

// Notícias relacionadas
15-02-18 - Instituto Mauá de Tecnologia Inaugura o Primeiro...

Alta capacidade de uso

A Comeco pretendia que todas as funções das máquinas fossem controladas por um CLP. Para isso, a Nord propôs o acionamento vetorial CA NORDAC FLEX. O inversor montado no motor integra um CLP para controle da velocidade e posicionamento. Os operadores das máquinas podem selecionar entre duas velocidades de acordo com seus níveis de competências e a espessura dos vergalhões de aço. A máquina para vergalhões de 20 mm permite a programação de dois ângulos em simultâneo - assim, os operadores podem alternar convenientemente entre uma configuração e outra pressionando um botão de comutação. Apesar de suas dimensões extremamente compactas, os motoredutores de eixo paralelo desses sistemas de acionamento fornecem torques elevados. A NORD fabrica todos os componentes, garantindo assim uma alta eficiência e perdas mínimas.

Os acionamentos são entregues pré-montados e pré-configurados com um ParameterBox e a Comeco apenas tem que instalá-los no painel de operação das máquinas. Ao contrário do que acontece com os sistemas de controle hidráulicos, que necessitam de fiações complexas, os acionamentos eletrônicos apenas necessitam de uma conexão elétrica. "Com certeza nós também economizamos dinheiro nesse aspecto", afirma Hallberg. "O ParameterBox faz com que não tenhamos que usar tantos botões. A NORD nos entregou esse componente com os botões e a tela programados de acordo com nossas especificações. Para alterar o ângulo, basta usar as setas para cima e para baixo e para alterar a velocidade, as setas para a direita e para a esquerda. É muito simples. Os operadores não têm que navegar em um menu."

Segurança em primeiro lugar

Depois da dobra, o CLP inverte o acionamento para uma remoção fácil e segura dos vergalhões. "As máquinas mais simples fazem isso através de molas. As molas são evidentemente outros componentes mecânicos que podem falhar. Nós preferimos nossa solução eletrônica de última geração. É muito mais segura." Além de terem um botão de parada de emergência, as máquinas também param caso detectem que uma placa perto da entrada foi tocada, por exemplo, se uma luva ficar presa em uma peça de metal irregular. "Uma vantagem do uso de sistemas da NORD ao invés de sistemas hidráulicos é que os motores não emperram", acrescenta Hallberg. "Desta forma, é possível remover os vergalhões manualmente." As engrenagens funcionam tão suavemente que remover obstáculos das máquinas não constitui qualquer problema, independentemente da direção.

Tempo até a comercialização: seis meses

Fundada em 1979, a NORD DRIVSYSTEM AB na Suécia foi uma das primeiras subsidiárias estrangeiras da NORD. Hallberg descobriu a marca Nord por acaso quando estava examinando mais atentamente outra dobradeira. "Era uma dobradeira Weelu antiga usando componentes da Nord. Ligamos para o número de telefone apresentado nas peças dessa máquina antiga e o representante de vendas se mostrou prontamente disponível. Discutimos nossas necessidades e, poucos dias depois, ele nos contatou com uma nova solução de acionamento projetada. Solucionamos os detalhes mais complexos com um engenheiro de acionamentos. De um modo geral recebemos uma excelente assistência. Esperamos seis meses até termos as primeiras dez máquinas para os clientes que concordaram em testá-las. Eles reagiram bem. Em minha opinião, quando se usa essas máquinas uma vez, já não se quer outra. As máquinas com acionamentos da NORD são muito mais fáceis de usar do que as com sistemas hidráulicos. Os clientes, ou qualquer oficina, podem resolver a maioria dos problemas sozinhos. No entanto, praticamente não é necessário nenhum reparo. O design de nossas novas máquinas é muito mais resistente, tanto quando comparado com o de máquinas baseadas em sistemas hidráulicos, como com o de máquinas de baixo custo e qualidade inferior. Nossos sistemas de dobramento duram mais de dez anos. Este tipo de qualidade convence nossos clientes." Do ponto de vista do fabricante, o projeto também se revelou um sucesso. "Economizamos muito dinheiro. E tempo! Para construir uma máquina hidráulica são necessários cerca de quatro dias. Com o sistema da NORD, apenas são necessários dois dias. Incluindo o tempo de montagem, estimamos uma economia de cerca de 30.000 coroas suecas nas máquinas maiores que estamos desenvolvendo agora. Isso é mais de 15% do preço final."

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

Desenvolvido e atualizado por Diagrama Marketing Editoral - Apoio editorial: Revista Grandes Construções. Reprodução apenas com permissão dos editores e com o devido crédito.

Segurança e Privacidade