ABRIR
FECHAR
ABRIR
FECHAR
02 de setembro de 2021
Voltar

As queimadas impactam significativamente o setor de mineração e construção

Essas atividades, quando próximas a uma vegetação exposta ao risco de queimadas, podem deixar seus colaboradores suscetíveis aos seus danos
Fonte: Assessoria de Imprensa

Os problemas ocasionados pelas queimadas afetam diversos setores da economia, sem falar nos danos causados ao meio ambiente.

O setor de mineração e construção também sofrem com as queimadas, especialmente por possuírem diversas obras e operações que ocorrem a céu aberto, que dependem de boas condições de tempo para seu pleno funcionamento e segurança.

Essas atividades, quando próximas a uma vegetação exposta ao risco de queimadas, podem deixar seus colaboradores suscetíveis aos seus danos.

A inalação do material particulado pode provocar sérios problemas respiratórios aos funcionários e a fuligem das queimadas afeta o funcionamento dos equipamentos que podem ser paralisados ou atingidos pelo fogo, pois os focos costumam se alastrar facilmente.

Além do risco a saúde dos operadores e o impacto ao meio ambiente, é afetada a logística da operação, colocando em risco os ativos da empresa.

“Os biomas atingidos por elas são seriamente afetados, pois ocasionam a mortalidade de animais, destruição de florestas e diminuição dos recursos hídricos. A fumaça liberada pelos focos de queimadas impacta diversos setores da sociedade, como rodovias e aeroportos, diminuindo a visibilidade, afetando a qu...


Os problemas ocasionados pelas queimadas afetam diversos setores da economia, sem falar nos danos causados ao meio ambiente.

O setor de mineração e construção também sofrem com as queimadas, especialmente por possuírem diversas obras e operações que ocorrem a céu aberto, que dependem de boas condições de tempo para seu pleno funcionamento e segurança.

Essas atividades, quando próximas a uma vegetação exposta ao risco de queimadas, podem deixar seus colaboradores suscetíveis aos seus danos.

A inalação do material particulado pode provocar sérios problemas respiratórios aos funcionários e a fuligem das queimadas afeta o funcionamento dos equipamentos que podem ser paralisados ou atingidos pelo fogo, pois os focos costumam se alastrar facilmente.

Além do risco a saúde dos operadores e o impacto ao meio ambiente, é afetada a logística da operação, colocando em risco os ativos da empresa.

“Os biomas atingidos por elas são seriamente afetados, pois ocasionam a mortalidade de animais, destruição de florestas e diminuição dos recursos hídricos. A fumaça liberada pelos focos de queimadas impacta diversos setores da sociedade, como rodovias e aeroportos, diminuindo a visibilidade, afetando a qualidade do ar, causando desconforto e doenças respiratórias’, afirma Camila Brasiliense, head do setor de construção e mineração da Climatempo.

Segundo Camila, existem leis ambientais e algumas penalidades para as pessoas e empresas que provocam incêndios. Porém, devido a vasta área florestal do Brasil é difícil ter o controle de todo o território, dificultando a penalização destes criminosos.

“Em relação as medidas preventivas, a população em geral deve se atentar aos cuidados no dia a dia, como não queimar lixo, não fazer fogueiras e não descartar bitucas de cigarro próximo a pastagens ou vegetação rasteira’, comenta.

De acordo com a especialista, as empresas que possuem atividades em áreas favoráveis a ocorrências de queimadas precisam ter um plano de contingência e ou evacuação para emergências.

Atualmente, há plataformas de monitoramento e alertas, como o Sistema de Monitoramento e Alerta Climatempo (SMAC), onde os colaboradores podem ser alertados em diferentes situações de risco, como chuva, vento, raios e as queimadas.

“O principal objetivo deste serviço é aumentar a segurança e otimizar a operação, além de contribuir para um melhor planejamento das empresas destes setores”, afirma.

Empresas com responsabilidade social utilizam as plataformas de monitoramento de risco meteorológico, para minimizar o impacto em suas operações e nas comunidades vizinhas, compartilhando informações com a Defesa Civil, Prefeitura e grupos locais.

Av. Francisco Matarazzo, 404 Cj. 701/703 Água Branca - CEP 05001-000 São Paulo/SP

Telefone (11) 3662-4159

© Sobratema. A reprodução do conteúdo total ou parcial é autorizada, desde que citada a fonte. Política de privacidade