ABRIR
FECHAR
01 de julho de 2021
Voltar

Capacidade global de energia renovável tende a aumentar

O setor representa 83% da matriz elétrica brasileira. A participação é liderada pela hidrelétrica (63,8%), seguida de eólica (9,3%), biomassa e biogás (8,9%) e solar centralizada (1,4%)
Fonte: Eólica BR

As fontes de energias renováveis vem crescendo cada vez mais, a eletricidade gerada por tecnologias renováveis tiveram um desempenho de 7% globalmente em 2020.

O setor representa 83% da matriz elétrica brasileira. A participação é liderada pela hidrelétrica (63,8%), seguida de eólica (9,3%), biomassa e biogás (8,9%) e solar centralizada (1,4%).

Segundo relatório da IEA – Agência Internacional de Energia, o setor cresceu fortemente no último ano. A capacidade aumentará devido impulsionamento da China e Estados Unidos, que chegou ao nível recorde recorde de 200 gigawatts em 2020.

Este aumento representa quase 90% da expansão total da capacidade global de energia.

A Índia e a União Europeia também serão parte de uma expansão recorde de adições de capacidade renovável global de aproximadamente 10% neste ano, o crescimento mais rápido desde 2015, de acordo com o relatório.

“A energia renovável está desafiando as dificuldades causadas pela pandemia, mostrando um crescimento robusto enquanto outros combustíveis lutam”, disse Fatih Birol, Diretor Executivo da IEA.

Nos primeiros 10 meses do último ano, a China, Índia e União Europeia aumentaram a capacidade de energia renovável leiloada...


As fontes de energias renováveis vem crescendo cada vez mais, a eletricidade gerada por tecnologias renováveis tiveram um desempenho de 7% globalmente em 2020.

O setor representa 83% da matriz elétrica brasileira. A participação é liderada pela hidrelétrica (63,8%), seguida de eólica (9,3%), biomassa e biogás (8,9%) e solar centralizada (1,4%).

Segundo relatório da IEA – Agência Internacional de Energia, o setor cresceu fortemente no último ano. A capacidade aumentará devido impulsionamento da China e Estados Unidos, que chegou ao nível recorde recorde de 200 gigawatts em 2020.

Este aumento representa quase 90% da expansão total da capacidade global de energia.

A Índia e a União Europeia também serão parte de uma expansão recorde de adições de capacidade renovável global de aproximadamente 10% neste ano, o crescimento mais rápido desde 2015, de acordo com o relatório.

“A energia renovável está desafiando as dificuldades causadas pela pandemia, mostrando um crescimento robusto enquanto outros combustíveis lutam”, disse Fatih Birol, Diretor Executivo da IEA.

Nos primeiros 10 meses do último ano, a China, Índia e União Europeia aumentaram a capacidade de energia renovável leiloada em todo o mundo 15% a mais do que no mesmo período em 2019.

A previsão de acordo com a IEA é de que a expiração dos incentivos nos principais mercados e as incertezas resultantes levam a um pequeno declínio nas adições de capacidade de energias renováveis no próximo ano.

Mas se os países abordarem essas incertezas políticas a tempo, estima-se que adições globais de energia solar fotovoltaica e eólica, podem aumentar mais de 25% cada em 2022.

Impactos – De acordo com a IEA, os biocombustíveis usados no transporte obteve no último ano o primeiro declínio anual em duas décadas, impulsionado pela queda na demanda de combustível para transporte, como os preços mais baixos dos combustíveis fósseis, reduzindo o prestígio econômico dos biocombustíveis.

A demanda por bioenergia na indústria também caiu, como resultado da queda mais ampla da atividade econômica.

‘’Mais pode e deve ser feito para apoiar a implantação e inovação em bioenergia para fornecer combustíveis sustentáveis para esses setores’’, diz o documento.

Av. Francisco Matarazzo, 404 Cj. 701/703 Água Branca - CEP 05001-000 São Paulo/SP

Telefone (11) 3662-4159

© Sobratema. A reprodução do conteúdo total ou parcial é autorizada, desde que citada a fonte. Política de privacidade