FECHAR
15 de abril de 2021
Voltar

Crescimento do e-commerce na pandemia impulsiona indústria de logística

Construção civil sente impacto positivo com aumento de obras voltadas ao armazenamento e distribuição de produtos
Fonte: Assessoria de Imprensa

Ficar em casa obedecendo o isolamento social refletiu nos costumes dos brasileiros. O setor de vendas on-line cresceu 47%, a maior alta em 20 anos, e impactou de forma positiva na construção civil, impulsionando obras industriais de logística, usadas para armazenamento, transporte e distribuição de produtos.

O crescimento da construção civil pode ser visto no número de admissões ao longo de 2020 – foram geradas 112 mil vagas segundo dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), disponibilizados pelo Ministério da Economia.

Na Protendit, empresa do segmento em pré-fabricados – material em concreto protendido usado em larga escala na construção de barracões – houve um boom de projetos de construções voltadas ao setor. Somente em 2020, a matéria-prima da empresa esteve presente em 15 projetos.

Os pré-fabricados são utilizados em larga escala neste tipo de construção por serem materiais que garantem obras ágeis, com execução diferenciada.

"O crescimento do e-commerce fez crescer a necessidade de espaços para entrega e retirada de produtos e, com isso, tem crescido a demanda de projetos de galpões logísticos. O uso de pré-fabricados resulta em um projeto mais econômico e rápido, por isso a pref...


Ficar em casa obedecendo o isolamento social refletiu nos costumes dos brasileiros. O setor de vendas on-line cresceu 47%, a maior alta em 20 anos, e impactou de forma positiva na construção civil, impulsionando obras industriais de logística, usadas para armazenamento, transporte e distribuição de produtos.

O crescimento da construção civil pode ser visto no número de admissões ao longo de 2020 – foram geradas 112 mil vagas segundo dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), disponibilizados pelo Ministério da Economia.

Na Protendit, empresa do segmento em pré-fabricados – material em concreto protendido usado em larga escala na construção de barracões – houve um boom de projetos de construções voltadas ao setor. Somente em 2020, a matéria-prima da empresa esteve presente em 15 projetos.

Os pré-fabricados são utilizados em larga escala neste tipo de construção por serem materiais que garantem obras ágeis, com execução diferenciada.

"O crescimento do e-commerce fez crescer a necessidade de espaços para entrega e retirada de produtos e, com isso, tem crescido a demanda de projetos de galpões logísticos. O uso de pré-fabricados resulta em um projeto mais econômico e rápido, por isso a preferência", explica o CEO da Protendit, Ricardo Panhan.

Uma dessas obras leva materiais Protendit em Ribeirão Preto. O novo galpão do Grupo Vittia, empresa referência na área de biotecnologia do agro, terá 10 mil metros quadrados quando finalizado.