ABRIR
FECHAR
22 de julho de 2021
Voltar

Uso do BIM aumenta a produtividade na construção civil

Para tornar e tecnologia acessível às indústrias, Sistema Fiep oferta programa de residência técnica em BIM e consultorias especializadas
Fonte: G1

Com 11.603 vagas de trabalho abertas somente no primeiro trimestre deste ano, a indústria da construção civil paranaense está entre os destaques da retomada econômica.
O dado é do Novo Caged e mostra um desempenho 126% maior na geração de empregos em comparação ao primeiro trimestre de 2020.

O segmento figura na lista de atividades essenciais, o que garantiu certo fôlego durante a pandemia, mas o avanço conta com outros elementos, como a ampliação do uso do BIM (Building Information Modeling).

O software permite a automação de dados e processos relacionados à construção civil, com ganho de eficiência e precisão nos projetos.

“Muitas grandes empresas já iniciaram o processo de adequação para uso do BIM há algum tempo e se tornaram referência; a grande maioria das indústrias da construção civil já reconhece os benefícios do uso dessa tecnologia”, observa Letícia Gonçalves, coordenadora do Instituto Senai de Tecnologia (IST) em Construção Civil do Sistema Fiep.

A Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) estima que o aumento da produtividade pode chegar a 10% com o BIM. Outro dado que chama a atenção é que a tecnologia pode reduzir em at&eac...


Com 11.603 vagas de trabalho abertas somente no primeiro trimestre deste ano, a indústria da construção civil paranaense está entre os destaques da retomada econômica.
O dado é do Novo Caged e mostra um desempenho 126% maior na geração de empregos em comparação ao primeiro trimestre de 2020.

O segmento figura na lista de atividades essenciais, o que garantiu certo fôlego durante a pandemia, mas o avanço conta com outros elementos, como a ampliação do uso do BIM (Building Information Modeling).

O software permite a automação de dados e processos relacionados à construção civil, com ganho de eficiência e precisão nos projetos.

“Muitas grandes empresas já iniciaram o processo de adequação para uso do BIM há algum tempo e se tornaram referência; a grande maioria das indústrias da construção civil já reconhece os benefícios do uso dessa tecnologia”, observa Letícia Gonçalves, coordenadora do Instituto Senai de Tecnologia (IST) em Construção Civil do Sistema Fiep.

A Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) estima que o aumento da produtividade pode chegar a 10% com o BIM. Outro dado que chama a atenção é que a tecnologia pode reduzir em até 20% o custo de obras públicas.

Para auxiliar as indústrias do Paraná na migração, o Sistema Fiep, por meio do Senai, lançou este ano um programa de Residência Técnica em BIM, que terá abertura para participação da segunda turma ainda neste segundo semestre de 2021.

“O IST de construção civil atende empresas com diferentes níveis de maturidade BIM, indo ao encontro da necessidade específica de cada uma, de acordo com seus objetivos e modelos de negócios, seja na atuação na concepção de projetos, planejamento, construção ou operação das obras”, destaca Letícia.

Av. Francisco Matarazzo, 404 Cj. 701/703 Água Branca - CEP 05001-000 São Paulo/SP

Telefone (11) 3662-4159

© Sobratema. A reprodução do conteúdo total ou parcial é autorizada, desde que citada a fonte. Política de privacidade