FECHAR
FECHAR
14 de novembro de 2019
Voltar

RESULTADOS

Aeamesp prepara relatório sobre o perfil do metroferroviário

Iniciativa conta com apoio institucional de entidades do setor
Fonte: Assessoria de Imprensa

A Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Metrô (Aeamesp) está mapeando o perfil do profissional metroferroviário.

O objetivo do trabalho é buscar indicadores para que a entidade tenha mais subsídios para contribuir com o desenvolvimento desses profissionais, bem como propor ações mais efetivas entre o setor acadêmico e o mercado de trabalho.

Prestes a completar 30 anos, é a primeira vez que a entidade busca mapear o perfil desse profissional.

O relatório sobre o perfil do profissional metroferroviário tem apoio institucional da Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos (ANPTrilhos), da Associação Nacional dos Transportadores Ferroviários (ANTF), Associação Brasileira da Indústria Ferroviária (ABIFER ), Sindicato Interestadual da Indústria de Materiais e Equipamentos Ferroviários e Rodoviários (Simefre), Sindicato Nacional das Empresas de Arquitetura e Engenharia Consultiva (Sinaenco) e da indústria da construção. Universidades que disponibilizam cursos de graduação e de pós-graduação de diferentes frentes de Engenharia também estão contribuindo para viabilizar o relatório.

“Com os dados que estamos apurando, teremos mais condições de atender as expectativas dos profissionais associados à Aeamesp, propondo ações sob medida para eles, contribuindo para a qualificação do setor”, pondera Pedro Machado, Presidente da Associação, ao explicar que as universidades precisam proporcionar, além da formação básica em engenharia, disciplinas eletivas ou mesmo os cursos de pós-graduação que agreguem mais competências especializadas aos profissionais de metrôs e ferrovias.

Para execução do projeto, a Aeamesp recorreu à empresa Diagrama Comunicação, especializada em produção editorial. Articulando diversas frentes de trabalho do relatório, a Diagrama está captando recursos para viabilizar a iniciativa, bem como entrevistando as operadoras e atores do transporte sobre trilhos.

Para acompanhar a elaboração do relatório, a Aeamesp montou um grupo de trabalho com representantes das entidades apoiadoras, da indústria da construção e de diretores da Aeamesp.