FECHAR
15 de maio de 2019
Voltar

RESULTADOS

Grupo Danfoss cresce 6% no 1º trimestre de 2019

As vendas do Grupo Danfoss cresceram 6%, totalizando 1,563 bilhão de euros, correspondendo a um crescimento de 3% em moeda local
Fonte: Assessoria de Imprensa

A Danfoss continua a impulsionar o crescimento e um alto nível de investimentos no primeiro trimestre de 2019.

As vendas do Grupo Danfoss cresceram 6%, totalizando 1,563 bilhão de euros, correspondendo a um crescimento de 3% em moeda local.

A empresa continuou a se beneficiar da forte demanda na América do Norte, enquanto outras partes do mundo mostraram mais volatilidade – incluindo a China, com uma demanda moderada que foi, no entanto, parcialmente compensada por um bom momento na Europa e na Índia.

Já os lucros (Ebit) totalizaram 160 milhões de euros, o que é igual ao primeiro trimestre do ano passado. A margem Ebit foi de 10,3%.

“Tivemos um bom começo para o ano. Como esperado, as taxas de crescimento em alguns dos setores que atendemos diminuíram desde o quarto trimestre do ano passado”, afirma Kim Fausing (foto), presidente e CEO.

“Portanto, continuamos a fortalecer nossos negócios principais e aumentar nossos investimentos em inovação. Além disso, prosseguimos com nossos altos investimentos na criação de uma forte plataforma de eletrificação e digitalização”, explica.

No primeiro trimestre, a Danfoss aumentou em 11% seus investimentos em inovação, totalizando 68 milhões de euros, o equivalente a 4,4% das vendas.

A Danfoss também firmou um contrato de fusão com a empresa americana UQM Technologies, empresa desenvolvedora de tecnologia de sistemas de propulsão elétrica e híbrida para ônibus, caminhões, veículos fora de estrada e embarcações marítimas.

Além disso, em abril, a Danfoss expandiu sua participação acionária na empresa finlandesa Leanheat, especialista em inteligência artificial, tornando edifícios e redes de aquecimento urbano mais inteligentes e eficientes do ponto de vista energético.

“Vemos uma demanda crescente por soluções mais sustentáveis. Como um parceiro de tecnologia, adicionamos novas tecnologias de ponta à nossa já ampla gama de soluções para permitir que nossos clientes criem posições competitivas. Um exemplo está no off-highway e no marine, em que, por meio de aquisições direcionadas, fortalecemos nossa oferta de eletricidade. A Leanheat agrega competência em software e inteligência artificial para ganhar uma posição mais forte no mercado, por meio de soluções mais inteligentes e eficientes em termos de energia para edifícios e redes de aquecimento”, afirma Fausing.